Image de Wine elege o Porto como o melhor destino gastronómico de 2013

Foto: Arq/Miguel Oliveira

Imagem de Wine elege o Porto como o melhor destino gastronómico de 2013
Imagem de Wine elege o Porto como o melhor destino gastronómico de 2013

1 Fev 2014, 14:51

Texto de Ana Isabel Pereira

Comes & Bebes

Wine elege o Porto como o melhor destino gastronómico de 2013

, ,

A revista especializada elegeu a cidade do Porto como “Destino Gastronómico” do ano que passou. O Quinta do Noval Nacional Porto Vintage 2011 é o melhor vinho de 2013 para a publicação.

Foi o presidente da Câmara do Porto quem recebeu a distinção atribuída à cidade pela revista Wine – Essência do Vinho. O Porto, assim como Lisboa, “têm feito um grande esforço no apoio à gastronomia e ao vinho”, começou por comentar Rui Moreira, que de imediato sublinhou a importância do reconhecimento desse trabalho na actual conjunctura económica.

“Quando falamos em cidades que, em fase de crise na Europa, têm taxas de crescimento de 13%, [isso] é motivo de orgulho”, enfatizou o autarca. “[Antigamente] diziam ‘no Porto come-se bem’, mas agora é diferente. Temos uma indústria gastronómica”, referiu Rui Moreira.

“Já encontramos na cidade sommeliers muito competentes, que nos surpreendem, já encontramos os vinhos à temperatura certa, já encontramos recomendações e já encontramos estrangeiros que vêm cá e que, quando se vão embora, pensam que eventualmente valerá a pena cá voltar, por causa da gastronomia e dos vinhos”, disse ainda o presidente da Câmara do Porto.

A Wine justificou a atribuição do prémio de “Destino Gastronómico do Ano 2013” à Invicta com o “cosmopolitismo” da cidade e o crescente número de turistas que a procuram, “muito interessados” em descobrir a sua gastronomia e os vinhos disponíveis.

O Porto e o Douro estiveram em destaque nesta edição dos prémios da Wine, a primeira com direito a cerimónia ‘desligada’ do evento Essência do Vinho. Na gala que teve lugar no BH Foz, e onde foram entregues 12 prémios relacionados com vinhos e gastronomia, o Quinta do Noval Nacional Porto Vintage 2011 foi o melhor vinho de 2013.

O vinho da Quinta do Noval, o “produtor mais independente e singular entre os 5 grandes nomes do vinho do Porto”, para a Wine, tem um perfil “elegante, fresco e denso”.

O presidente da empresa Symington Family Estates, Paul Symington, e o crítico gastronómico do semanário Expresso, José Quitério, foram considerados “Personalidade do Ano”, no vinho e na gastronomia, respectivamente. 

Ao receber o prémio, Paul Symington partilhou com os presentes que não imaginava a sua vida noutro lugar do mundo. “O que teria sido de mim se o meu avô não tivesse vindo para cá com 18 anos! Se calhar, era guardador de carneiros lá na terra onde chove 365 dias por ano…”, disse, bem humorado o britânico, que começou a trabalhar com o pai e num “mundo que é [hoje] muito concorrencial” em 1969.

“Temos muitos desafios [no sector], mas, olhando para as pessoas que estao aqui nesta sala, isto vai correr bem”, comentou ainda Paul Symington.

A Wine justificou a eleição do inglês com os “fortes investimentos que a família Symington, o principal grupo de vinho do Porto, realizou no último ano”. Já Quitério foi eleito por ser um “precursor na crítica regular de restaurantes na imprensa portuguesa” e umo “pesquisador e defensor da cozinha tradicional portuguesa”.

Na área gastronómica, o ‘portuense’ DOP venceu o prémio de “Restaurante com Melhor Serviço de Vinhos”.

O prémio de “Chefe de Cozinha do Ano” foi para Vítor Matos, pelo trabalho desenvolvido no Largo do Paço  Casa da Calçada, em Amarante. O Il Gallo d’Oro, no hotel The Cliff Bay, no Funchal,  é o “Restaurante Gastronómico do Ano” para a Wine.

Para a Madeira, foi também as distinções de “Produtor do Ano” para a casa de vinho Madeira Barbeito e de “Enólogo do Ano” para Francisco Albuquerque (Madeira Wine Company). A empresa Muxagat, do Douro, é o “Produtor Revelação do Ano” e Pedro Carnaz, do Hotel Ritz Lisboa, é “Sommelier do Ano”.

O prémio para a “Personalidade do Ano no Brasil” foi entregue, pela primeira vez na história dos prémios da Wine, a Manuel Chicau, responsável pela “Adega Alentejana”. A distribuidora começou por desbravar caminho no Brasil para os vinhos do Alentejo, de onde Chicau é natural, e já “opera um pouco por todo” o país, representando “algumas das mais emblemáticas marcas de vinhos portugueses”.