28 Abr 2011, 18:01

Texto de Pedro Rios

Coisas

A loja é apenas a cara da Trincamundo

, ,

A Trincamundo vende artesanato e peças de autor, mas a loja é só uma parte do projecto: a especialidade da casa é a formação.

Figurado de Barcelos à venda na Trincamundo

Figurado de Barcelos está à venda na Trincamundo. Foto: PR

O programa é uma amostra do que a Trincamundo é capaz de fazer. Um workshop de cake design, leitura de contos para pais e filhos e o lançamento de um livro que compila textos de contadores alentejanos estão na agenda do dia de inauguração do espaço da Rua da Picaria, no Porto.

A Trincamundo é inaugurada oficialmente este sábado (há actividades das 10h às 20h), mas as portas da loja, que é também um espaço de formação, já estão abertas desde o fim de Março. “A loja é a cara da empresa”, diz Ana Oliveira, colaboradora da Trincamundo, a aventura empresarial da sua irmã Julieta.

A loja é, portanto, “a cara”, mas o coração da Trincamundo está na formação, área em que Julieta tem alguma experiência. Foi assim que a empresa nasceu há 2 anos, ainda sem espaço, e é isso que confirma o vasto programa de workshops (há de tudo: música, chocolates, edição de vídeo e muito mais), que acontecem nas traseiras da loja.

Na loja, há artesanato – destaque para as peças de Júlia Côta e para os lenços de namorados – à mistura com peças de autor, instrumentos brasileiros (as irmãs Oliveira praticavam capoeira), joalharia, sabonetes de leite de burra e roupa de uma estilista brasileira.