8 Mar 2012, 12:53

Texto de Redação, com Lusa

Praça

Três projectos do Norte são “Edifícios do Ano”

A sede da Fraunhofer no Porto, a Capela da Vida em Braga e a MIMA House em Viana foram as construções portuguesas eleitas “Edifício do Ano 2011” pelo ArchDaily.

Fraunhofer Portugal. Foto: João Morgado

A sede da Fraunhofer Portugal, no Porto. Foto: João Morgado - Fotografia de Arquitectura

A sede da Associação Fraunhofer no Porto, a Capela da Vida em Braga e a MIMA House em Viana do Castelo foram as construções portuguesas eleitas “Edifício do Ano 2011” pelo site de arquitectura ArchDaily, foi anunciado quarta-feira.

Uma dezena de edifícios assinados por arquitectos portugueses e localizados um pouco por todo o país estiveram entre os 70 finalistas do prémio, que contempla 14 categorias.

Entre os finalistas estavam 10 projectos portugueses, mas apenas 3 foram os escolhidos através da votação online, que contou com mais de 65 mil participações.

A decoração da sede da Associação Fraunhofer no Porto, pelo ateliê Pedra Silva Architects, foi a vencedora do prémio da categoria “Interiores”.

Na categoria “Casas”, o vencedor foi o ateliê MIMA Architects com a MIMA House, uma casa com 36 metros quadrados, inspirada na tradição japonesa, com grelhas que permitem a instalação de paredes quando necessário.

Na área da “Religião”, o ateliê Cerejeira Fontes Arquitectos venceu o prémio com a Capela Árvore da Vida, construída, com 20 toneladas de madeira, dentro do Seminário Conciliar de Braga.

Para trás ficaram os finalistas A Casa das Histórias da Paula Rego (Cascais), o Museu do Design e da Moda (Lisboa), o Museu da Vila Velha (Vila Real), uma casa particular em Leiria, a Piscina Municipal de Povoação (São Miguel), o Centro Cultural de Sines e a ponte pedonal da Covilhã.

Em 2010, 3 edifícios do Grande Porto – em 7 finalistas – foram eleitos “Edifício do Ano” pela ArchDaily: o edifício da Vodafone no Porto, o bar temporário que representou a Faculdade de Arquitectura portuense na Queima das Fitas e a Closet House, de Matosinhos.

No ArchDaily, os arquitectos têm a possibilidade de partilhar os seus projectos com especialistas de todo o mundo.