15 Jun 2012, 18:42

Texto de Redacção, com Lusa

Praça

Nesta BD, há espíritos, espectros e almas penadas

“Sobrevida”, de Nuno Sousa e Carlos Pinheiro, é apresentado no sábado, no Porto, na Mundo Fantasma.

Sobrevida

Imagem: DR

O livro “Sobrevida”, uma banda desenhada de Nuno Sousa e Carlos Pinheiro sobre “quem já não vive neste mundo, mas ainda não encontrou o seu rumo”, é apresentado no sábado, no Porto, na Galeria Mundo Fantasma.

O livro tem uma história elaborada por cada um dos autores, trabalhando Carlos Pinheiro a sua parte a preto e branco, enquanto Nuno Sousa utiliza abundantemente a cor para criar uma obra de desenho poética que, segundo os 2, retrata “espíritos, espectros, almas penadas”, que “perseguem aquilo que já foram, podiam ter sido ou virão a ser”.

Os autores são licenciados em Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, mas, como fundadores do colectivo artístico “Senhorio”, desde 2004 que se dedicam à produção e publicação de vários fanzines ligados ao desenho, à banda desenhada e à ilustração. É o caso de “Barba”, “Pingue”, “Mister”, “Não me Contes o Fim – Eles Morrem Todos!” ou “A Fome Faz Sair o Lobo do Mato”.

Nuno Sousa, professor de desenho na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, é também compositor, letrista e intérprete de projectos musicais como o Sr. Doutor, João e Stowaways.

Foi para este último grupo que Carlos Pinheiro desenhou a capa do álbum “Huntclub”, tendo também elaborado a capa do álbum “”We’re Metal And Fire In The Pliers Of Time” dos Alla Polacca. Trabalha actualmente com a galeria MCO – Arte Contemporânea, Porto, e Galeria Magda Bellotti de Madrid e lecciona a disciplina de Desenho na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo.

O livro, que tem apresentação marcada para o Porto, às 17h, e para Lisboa para o dia 30 de Junho, na 20ª Feira Laica, é editado pela Imprensa Canalha, um projecto editorial independente criado em 2006 que se propõe publicar material de natureza essencialmente gráfica.

“Sobrevida” é a 16.ª publicação de uma editora que conta no seu catálogo edições muito diversas, desde DVD a fanzines ou livros de serigrafia, com a colaboração de autores como André Lemos, Adolfo Luxúria Canibal, Filipe Abranches, Luís Henriques ou Artur Varela, entre outros.