29 Ago 2012, 13:02

Texto de Ana Isabel Pereira

Comes & Bebes

Refeições ligeiras e vinho a copo a qualquer hora do dia

,

O Zázá – Sandwiches & Bar é o novo inquilino da Rua Ramalho Ortigão, na baixa do Porto. Serve refeições ligeiras e saudáveis, petiscos, vinho a copo, gin e sangria de Alvarinho.

João Simões, dono do Zázá Sandwiches & Bar

O Zázá – Sandwiches & Bar é o novo inquilino da Rua Ramalho Ortigão, entre a Câmara do Porto e a entrada do túnel de Ceuta. Serve refeições ligeiras e saudáveis ao almoço, mas também durante a tarde – a cozinha não fecha –, petiscos e vinho a copo e aposta, na vertente de bar, no gin premium e na sangria de Alvarinho.

A somar aos ‘morfes’, há “muito rock and roll – a preferência do dono, João Simões, recai nos blues e no rock dos anos 50 e 60 –, revistas de arquitectura e moda para ler e wireless à borla.

Porquê Zázá? “Eu sou Zázá há 38 anos, porque é a minha alcunha de infância”, conta à Praça o promotor e sócio-gerente do espaço recém-chegado à baixa do Porto.

João Simões nasceu em Monção, mas veio para o Porto para ingressar no 9.º ano e foi ficando. Mais tarde, estudou Gestão Hoteleira na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto, tendo depois trabalhado em hotelaria. Há 2 anos, já João estava a trabalhar na restauração, no Clube 3C, começou a procurar um espaço para dar forma ao sonho de ter um negócio próprio.

O minhoto queria abrir “um café que servisse refeições”, com um conceito semelhante ao que já se vê com frequência noutros países. “Já temos clientes habituais e noto que os estrangeiros quando ficam 2 ou 3 dias voltam. Penso que seja por ser um conceito que lhes é familiar”.

O Zázá serve sandes (entre 2,95 e 4,95 euros – é o caso da de salmão fumado e da de pato laminado), tostas (entre 2 e 3,95 euros) e saladas (entre 3,95 e 5,30 euros; prove a de rosbife ou a de bacalhau). Diariamente, também há sugestões diferentes de sopa (1,5 euros) e quiche ou tarte salgada (1,9 euros).

Também há sobremesas, como a fatia de cheesecake (2,95 euros) ou o bolo de chocolate (2,75 euros). “Tudo isto é feito cá. Temos a preocupação de ter bons produtos e produtos portugueses. Jogamos com a sazonalidade. Desde que o Zázá, esta já é a segunda carta, por exemplo”, refere João Simões.

Para picar, há tábuas de queijos e enchidos, alheira, morcela, punheta de bacalhau, pica-pau, polvo em azeite e alho e petingas em azeite, entre outros petiscos.

Trinta referências de gin

Nas bebidas, destaque para os chás, da Dammann Frères, os smoothies, os sumos naturais, o vinho a copo (a partir de 2,5 euros) – a aposta do Zázá é nos vinhos verdes e do Douro –, o vinho do Porto e as cervejas estrangeiras (há Duvel, Benediktiner e Köstritzer, entre outras).

O Zázá tem 30 referências de gin, “uma bebida muito interessante” que João se habituou a beber em Espanha – os nuestros hermanos estão no top dos países que mais apreciam esta bebida –, e 4 marcas de água tónica. “Sempre foi minha intenção ter bom gin e servi-lo correctamente”, explica.

Para além do gin, o bar serve espumantes e sangria de Alvarinho e Trajadura, licores, whiskies e outras bebidas brancas.

O Zázá Sandwiches & Bar abre de segunda a quinta das 10h às 22h e à sexta e ao sábado até às 24h.