7 Nov 2012, 12:21

Texto de Maria Martinho

Praça

Quentes e boas! As castanhas e as festas de São Martinho

A Praça deixa-lhe algumas sugestões para aproveitar, fora de casa, o Verão – esperamos! – de São Martinho. Não faltam actividades para o fim-de-semana.

Castanhas

Chegou o Outono e com ele os dias mais curtos, o frio, as folhas secas no chão e, claro, o São Martinho. O santo que cortou a sua capa para dar a um mendigo, fazendo parar uma tempestade, inaugurou a tradição do magusto onde se comem as primeiras castanhas do ano e o vinho novo.

A Praça deixa-lhe algumas sugestões para aproveitar, fora de casa, o Verão – esperamos! – de São Martinho. Não faltam actividades para o fim-de-semana.

Até quinta

Castanhas à borla

Haverá coisa melhor do que passear na rua com um cartucho na mão de castanhas assadas a fumegar, que aquecem o estômago e o espírito em partes iguais? Até quinta-feira, a Vodafone oferece-lhe castanhas assadas na Casa da Música, no Hospital de S. João, na Rotunda da Circunvalação e no Castelo da Foz. A actividade “Momentos Vodafone de Outono” decorrerá entre as 12h e as 19h nestes locais.

Sábado

Miúdos

O Parque Biológico de Gaia, em Avintes, preparou um sábado diferente para os mais novos. Às 14h, haverá apanha de castanhas pelo percurso de descoberta da natureza do parque e, às 15h30, a recriação de um magusto tradicional, onde todos os participantes deveram levar castanhas. A actividade é livre, não requer portanto inscrição, mas está sujeita ao pagamento normal de entrada no parque.

Pelas 16h, na Biblioteca Musical do Porto (Rua de Cândido dos Reis, 117, Porto), Rita Pinto conta a história do livro “A Onda”, de Suzy Lee, a partir de gestos.

Famílias

A 7ª edição do Bairro dos Livros acontece a partir das 15h, na baixa do Porto, com o tema “Ler é um Vai e Vem”. A iniciativa leva os leitores numa viagem à poesia dentro de um eléctrico do Porto. Uma viagem sem bilhete, sem marcação, sem inscrição e de forma totalmente gratuita. Lá dentro, o grupo de teatro Máscara Solta, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, encena “Trans-” e dá vida a um verdadeiro “Vai e Vem” de palavras em movimento, numa viagem que vai da Praça dos Leões à Batalha e da Batalha de volta ao epicentro do Bairro.

Durante todo o dia, as livrarias e alfarrabistas da baixa oferecem descontos imperdíveis em obras seleccionadas. Fernando Pessoa e Che Guevara encontram-se na loja da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (Praça Gomes Teixeira, 1-7, Porto) para uma boa hora de conversa com Bernardino Guimarães. Durante a “entre vista” que junta pela primeira e única vez, numa mesma sala, as 2 personagens históricas, Pessoa e Che estarão disponíveis até para as perguntas do público.

Com as Aventuras Urbanas, na UNICIPE (Praça Carlos Alberto, 128-A, Porto), a partir das 15h, a criançada vai aprender a recriar, a partir da reciclagem de plásticos, vai-e-vens cheios de letras, desenhos e coisas doces, a lembrar as brincadeiras de antigamente.

Na livraria Gato Vadio (Rua do Rosário, 281, Porto), abre o curso livre “Círculo Rimbaldiano”, promovido pela Associação Cultural Sapato 43, que se realiza online, na plataforma Moodle, centrado no tema dos “Barcos ébrios em viagem”.

Cinema e arte

No Moustache (Praça Carlos Alberto, 104, Porto), há noite de cinema a partir das 22h, com a exibição do filme “Vai e Vem”, de João César Monteiro, numa sessão promovida em parceria com o Cineclube do Porto.

A partir das 16h, há Inaugurações Simultâneas em Miguel Bombarda. E no espaço Montra Viva, vão oferecer vinho do Porto até às 19h30!

Oficinas e workshops

A loja Samesame but diferent (Rua do Breiner, 372, Porto) é fruto das (muitas) viagens de Anita Costa. Neste espaço, cabe um pouco de todo o mundo, da Tailândia à Amazónia, passando pelo Camboja ou a Índia. Das 15h às 18h, há workshop sobre a técnica nativo-americana de fazer caça-sonhos. A loja aceita 7 inscrições no máximo – inscreva-se no Facebook ou ligue para o 913 445 731. O preço é 25 euros, já com todos os materiais incluídos.

Ao ar livre

Durante toda a tarde o Guindalense Futebol Clube (Escadas dos Guindais, 43, Porto) abre a sua esplanada com vista privilegiada sobre o Douro, a Serra do Pilar, o Cais de Gaia e a Ponte D. Luís I para um magusto à séria. Os cerca 100 lugares disponíveis terão direito a música ao vivo, castanhas assadas, vinho e muita animação. A entrada é gratuita e não requer inscrição. Pagará apenas o que consumir.

O conceito Porto à Porter  nasceu da necessidade de criar um serviço personalizado em que o objectivo fosse dar a conhecer a cidade através de um determinado lugar. Haverá um piquenique à hora do almoço em local mistério (jardim no centro da cidade do Porto), que será divulgado por email oportunamente, com produtos caseiros e bem portugueses. Dez é número máximo de inscrições e o preço é de 7 euros por pessoa (se forem 2 já fica por 12 euros). Inscreva-se enviando um email para contact@portoaporter.com até quinta-feira.

Bailaricos e serões

Gaia parece ser a campeã dos bailaricos da noite de S. Martinho. São várias as colectividades que lhe vão dar música, dança e convívio. Às 21h30, arrancam os bailes da Associação Recreativa de Canidelo, da Associação Juvenil Etno-Folclórica As Lavradeiras de Arcozelo, do Centro Democrático de Instrução Latino Coelho (Coimbrões).

Às 22h, começa a festa no Centro Recreativo de Mafamude e na Associação Cultural e Recreativa Os Amigos Vilarenses, com o grupo de baile da ACRAV.

No Porto, o Contagiarte (Rua Álvares Cabral, 372, Porto) celebra o S. Martinho a partir 20h, com animação e muitas castanhas. A festa é uma parceria com a Trincamundo.

Na Casa do Infante (Rua da Alfândega, 10, Porto), coma castanhas assadas enquanto assiste a uma actuação do Coral Mille Voci. É às 21h30 e a entrada é gratuita.

Domingo

Miúdos

Zoo de Santo Inácio, em Gaia, propõe “Um Magusto Selvagem”. Entre as 11h e as 16h30, não vão faltar actividades no zoo. Os visitantes vão poder conhecer a Savana Africana, ver o Ronaldo, a Chita Macho que chegou em Junho e é o animal terrestre mais veloz do mundo, o Meia-pêra e a Tiazinha, um cómico casal de primatas, e o casal de camelos asiáticos, uma espécie em risco de extinção, e acompanhar o namoro de Ariana e Ulagan, o casal de panteras das neves. Às 11h, será possível assistir à alimentação dos pinguins e mais tarde à demonstração de aves de rapina. Entre as 12h e as 14h haverá um almoço de S. Martinho na Eira, onde o ingrediente principal será a castanha. Da parte da tarde, a partir das 14h30, haverá demonstração de répteis e, pelas 16h30, serão oferecidas castanhas a todos os visitantes. A entrada é gratuita para petizes até aos 3 anos; dos 4 aos 12 anos e depois dos 65 custa 7 euros; entre os 13 e os 64 anos já são 10 euros.

Oficinas e workshops

Espaço Compasso (Rua da Torrinha, 111, Porto) tem desenvolvido actividades na área da Permacultura, usufruindo do seu espaço exterior, um jardim com uma horta. Das 10h às 16h, a oficina “Rocket Stove Portátil”, com Duarte Gomes. O objectivo é aprender a construir rocket stoves portáteis com materiais reutilizados, eco-fogões altamente eficientes, entender as noções básicas do seu funcionamento e as vantagens da sua utilização. Custa 15 euros por pessoa; os sócios pagam apenas 10. Aceitam no máximo 15 participantes e as inscrições terminam esta quarta-feira.

Bailaricos e serões

Ainda no Espaço Compasso, conte com o evento de Roda de Samba e Forró, numa versão especial de São Martinho, onde se assarão as castanhas nos tais rocket stoves. Começa às 16h com Roda de Samba no jardim e cada pessoa deve levar um punhado de castanhas. A entrada é um euro para não sócios; os sócios entram gratuitamente.