4 Jun 2012, 19:28

Texto de Alexandra D. Marques

Praça

O guia de sobrevivência para o Primavera Sound

,

O Primavera Sound começa na próxima quinta-feira e a Praça reuniu um conjunto de sugestões que pretendem facilitar a vida dos festivaleiros, de alojamento a transportes e o que vestir.

Primavera Sound em Barcelona, 2012

O Primavera Sound de Barcelona realizou-se nos dias 30 e 31 de Maio e 1, 2 e 3 de Junho. Foto: Pedro Rios

A primeira edição do festival Primavera Sound no Porto começa na próxima quinta-feira. São mais de 60 concertos que vão animar o Parque da Cidade (nos dias 7 a 9), a Casa da Música e o Hard Club (no dia 10). Para que sobreviva intacto ao festival, reunimos algumas dicas.

Faça um plano

Com 4 palcos e muitos dos concertos a decorrer em simultâneo, o melhor é traçar um plano com os horários dos concertos pretendidos, sem sobreposições. Afinal, ninguém quer estar a ver um concerto que gosta com outro do qual gosta mais a decorrer. Uma boa opção, se tiver um dispositivo Apple ou com sistema Android é fazer download da app com a programação.

Roupa todo-o-terreno

Festival e calçado confortável são palavras que casam, especialmente quando existem 4 palcos diferentes. Para além disso, e devido à possibilidade de chuva nos primeiros dias do festival, uma capa de plástico também pode dar jeito. São leves e vendem-se pelas ruas a um euro.

Excluindo desde já as carteiras de mão e de ombro, o mais indicado é levar mochila ou saco a tiracolo. Apesar de as mochilas serem veteranas neste tipo de ambiente, refira-se que são propícias ao furto e podem estorvar os restantes na hora de pular, pelo que o saco a tiracolo leva a taça nesta matéria.

Viva a marmita

Para aqueles que não querem gastar dinheiro nos comes e bebes do festival, são mais adeptos da sua própria comida ou pretendem esperar horas infindáveis à frente do palco pelos seus concertos preferidos, o melhor é levar marmita de casa. Uns tupperwares com rissóis e croquetes ou umas sandes de atum/panados são clássicos.

[Nota da redacção: Depois de alguns utilizadores terem perguntado à Praça se, efectivamente, era possível os espectadores entrarem no recinto com comida ou bebida, contactámos a organização do festival, que esclareceu que não, não é permitido levar “marmitas”].

Onde ficar e o que visitar

Como nem todos os festivaleiros são do Porto, o Primavera Sound criou o espaço Bed&Breakfast: uma página do Facebook para quem deseje oferecer dormida nas suas casas a visitantes que procuram guarida. Hostels também não faltam e a preços acessíveis. A reserva pode ser feita online através do HostelBookers. Se é fã do conforto e não se importa de gastar um pouco mais, existem vários hotéis de qualidade na cidade do Porto.

Para aqueles que vêm de fora (e para os portuenses que queiram aproveitar a ocasião) o tempo livre pode ser utilizado para conhecer melhor a cidade do Porto. Uma visita ao centro histórico da cidade ou às caves do vinho do Porto podem ser boas escolhas. A proximidade do recinto à praia é tentadora. Esteja ou não tempo para uns bons banhos de sol, um gelado à beira-mar pode bem ser o programa pré-festival perfeito.

Como chegar

Transportes há vários. Quem optar por andar de autocarro, de dia, deve apanhar o 205 (Campanhã – Castelo do Queijo), o 500 (Lóios – Matosinhos Mercado) ou o 502 (Bolhão – Matosinhos Mercado) e sair na Praça da Cidade do Salvador (“rotunda da Anémona”). De noite, é o 1M (Aliados – Fonte Luminosa de Matosinhos) que o pode conduzir ao festival.

Quem vai de metro deve apanhar a linha A (Estádio do Dragão – Senhor de Matosinhos), com entrada na Casa da Música e saída em Matosinhos Sul. Depois, basta seguir a pé pela Rua Brito e Cunha até à Praça da Cidade do Salvador (10 minutos). Se vive perto do recinto, fique a saber: o festival possui parque para bicicletas.

Este artigo foi actualizado às 16h30 do dia 7 de Junho de 2012.

  1. ivo d´abreu says:

    FESTIVAL PRIMAVERA SOUND PORTO….. jamais em qualque pais de expressão inglesa se veria o seguinte titilo: “” festival sons de spring de londres”” quero com isto dizer, que o idioma PORTUGUÊS não repito NÃO precisa estrangeirismos, a lingua de CAMÕES é suficientemente RICA para se fazer junções aberrantes que em nada dignificam a sua nobre escrita. apenas como exemplo houve agora o jubileu da rainha de inglaterra apenas e só houve artistas ingleses, não foi convidade NENHUM artista PORTUGUÊS, e felizmente até os temos bem internaciomais, e com muito prestígio, que não precisam de cantar noitro idioma que não seja o nosso, para se afirmarem como óptimos.por favor não destruam a nossa lingua apenas a VALORIZEM

  2. Beth O. says:

    Tem certeza que poderá levar comida/bebida? Ando a perguntar e ngm me responde ou sabe responder…

    • Depois de a Beth e outros utilizadores nos terem colocado esta questão, contactámos a organização do festival, que esclareceu que não, não é permitido os espectadores entrarem no recinto com comida ou bebida.

  3. Tércia says:

    Já agora, é possível adquirir bilhetes no próprio dia? O ticketline parece-me que já não vende os bilhetes diários…

  4. SandraR says:

    Em relação ao comentário anterior, da Tércia que perguntou dos bilhetes,: a ticketline vende sim que comprei o meu, tens é depois de trocar no recinto. Pelo que li no site do Primavera há uma barraquinha própria da ticketline e afins. Tens de trocar pelo bilhete e depois ir às pulseiras.