26 Mai 2011, 19:09

Texto de Redação, com Lusa

Comes & Bebes

Azeites, vinhos, doces e muito mais. É a festa dos sabores no Porto.Come

Até domingo, o Porto.Come 2011 promete alguns dos melhores produtos e sabores nacionais, a par de degustações variadas, por exemplo de chocolates “made in” em Famalicão.

Chocolate

Este é apenas um dos muitos pecados a cometer no Porto.Come

O Porto.Come 2011, que começou esta quinta-feira na Alfândega do Porto, promete alguns dos melhores produtos e sabores nacionais, a par de degustações variadas, por exemplo de chocolates made in em Famalicão.

Nesta terceira edição, que termina no domingo, estão presentes 52 expositores. E o que se pode provar? Azeites, bebidas espirituosas, vinhos, doçaria, tisanas, pão, compotas, enchidos, legumes, frutas e, ufa!, carnes nacionais.

Os chocolates também têm ali o seu espaço próprio. Chocolates Casa Grande, nome de uma empresa que “tem 2 anos e produz há um”, diz a gestora de área desta firma portuguesa, Zélia Mata.

Os seus proprietários “estavam ligados ao têxtil” e mudaram-se para o ramo alimentar, fundando a Casa Grande. O cacau vem da Venezuela e “é dos melhores”, garante.

O Museu do Pão, empresa baseada de Seia, também está presente com os seus produtos, entre os quais “o único pão para diabéticos”. Além de alguns cereais tradicionais, este pão leva também, nomeadamente, tremoço e linhaça (garantem que este último mata a fome).

O Porto.Come oferece provas, workshops, degustações e “demonstrações de cozinha para todas as idades”, contando para tal com alguns dos melhores chefes nacionais (Hélio Loureiro, Marco Gomes, Fausto Airoldi, Leonel Pereira, Michel Costa, Rui Paula e Vítor Matos).

A entrada custa 5 euros. O Porto.Come dura até domingo.