8 Jul 2011, 16:55

Texto de Redação, com Lusa

Ideias

É uma maraca? É um mealheiro? Seja o que for, venceu o POPs

,

É uma maraca? É um mealheiro? É um bocado dos 2: o projecto Maraca Mealheiro, do designer João Gonçalves, é o vencedor da terceira edição dos Projectos Originais Portugueses da Fundação de Serralves.

Vencedor do POPs

A maraca mealheiro. Foto: DR

É uma maraca? É um mealheiro? É um bocado dos 2: o projecto Maraca Mealheiro, do designer João Gonçalves, é o vencedor da terceira edição dos Projectos Originais Portugueses (POPs) da Fundação de Serralves.

Porquê? Eis a explicação do júri: “A maraca apresenta-se como uma forma de tornar o acto de poupar num acto lúdico. Para além do seu lado fun e da mensagem optimista, é um objecto que pode ter um carácter social e didáctico nos tempos de crise económica que se vivem”.

O projecto tem agora a possibilidade de integrar a incubadora de negócios criativos InSerralves.

Os jurados Fernando Brízio, Henrique Cayatte, Joana Queiroz Ribeiro, Maria João Vieira Pinto, Odete Patrício e Pedro Pina premiaram ainda o candeeiro Traça, do designer Luís Giestas, uma peça que se pode pendurar em todo o guarda-roupa, com uma menção honrosa.

O Cristo Purificador, de Paulo Sellmayer, um ambientador de carro em forma de Cristo (sim, isso mesmo), mereceu também uma menção do júri.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Loja de Serralves desafiou jovens criadores portugueses, à procura de afirmação no mercado, a apresentarem propostas de produtos originais e criativos.

Das mais de 470 candidaturas recebidas pelo POPs foram pré-seleccionados 31 autores com projectos nas áreas de acessórios pessoais, joalharia de autor, mobiliário e objectos de decoração.

  1. Parabéns ao João Gonçalves pelo excelente projecto desenvolvido! E parabéns também à Serralves pela iniciativa que permite ano após ano a inserção de jovens designers num mercado tão difícil!