Image de Promover os sabores do Norte e da Galiza

Fotos: Ana Isabel Pereira

Imagem de Promover os sabores do Norte e da Galiza
Imagem de Promover os sabores do Norte e da Galiza

10 Fev 2014, 11:20

Texto de Ana Isabel Pereira

Comes & Bebes

Promover os sabores do Norte e da Galiza

, ,

A Shea é uma plataforma que põe jornalistas, chefes de cozinha, enólogos, autarcas e outras pessoas ligadas a entidades académicas e/ou ao turismo a pensar e a promover os sabores do Norte e da Galiza.

O objectivo da Shea  – Sabores harmonizados do Norte da Península Ibérica é “criar massa crítica” à volta da ligação eno-gastronómica Norte de Portugal – Galiza e “criar intercâmbio cultural, vínico e gastronómico”, de forma a aumentar a divulgação dos sabores das 2 regiões.

Isso passará, em primeiro lugar, por organizar um evento à escala nacional que entre nos calendários de Portugal e da Galiza.

A plataforma, que abrange já 37 cidades, quer também promover visitas profissionais às regiões, produzir um programa eno-gastronómico de televisão e organizar “cursos e workshops nos 2 lados da fronteira”, com cozinha e doçaria das 2 regiões.

A ideia é que esse evento tenha lugar este ano, em Outubro, em Viana do Castelo e em 2015 ‘viaje’ até à Galiza, possivelmente Santiago de Compostela.

“Queríamos harmonizar sabores, portugueses e galegos, harmonizar os vinhos e trabalhar em sintonia. Nós, enquanto escola, acreditamos em parcerias. Nós somos Escola do Turismo de Portugal mas estamos em Viana do Castelo. Lisboa fica muito longe”, disse a directora da Escola de Hotelaria e Turismo local, Cristina Félix, durante o almoço de apresentação da Shea, há uma semana.

O colunista e crítico gastronómico Mário Rodrigues (do site Alive Taste), que propôs a Shea,  disse, por seu turno, que o projecto, nascido à mesa, claro está, mas pelas mãos de um pequeno grupo de pessoas, tinha adquirido “uma dimensão” inimaginável.

António Vieira, Marco Gomes, Pedro Sequeira e Arnaldo Azevedo são alguns dos chefes que integram a Shea. Entre os enólogos contam-se, por exemplo, Jorge Moreira Alselmo Mendes e Gabriela Canossa.