28 Set 2012, 18:45

Texto de Ana Isabel Pereira

Coisas

Os seus pés merecem uns sapatos de 400 euros?

, ,

Ayres Gonçalo, um jovem alfaiate do Porto que faz fatos para VIP de todo o mundo, acaba de lançar a sua primeira colecção de sapatos, que personaliza à medida de cada cliente.

Bespoke Shoes by Ayres Bespoke Tailor

A construção Goodyear faz destes sapatos uma escolha confortável, diz Ayres Gonçalo. Foto: DR

Ayres Gonçalo, um jovem alfaiate do Porto que faz fatos para VIP de todo o mundo, acaba de lançar a sua primeira colecção de sapatos, que reúne modelos clássicos que podem ser personalizados à medida de cada cliente.

A linha “Bespoke Shoes by Ayres Bespoke Tailor” é a concretização de um sonho antigo. “O calçado já estava em mente desde que pensei em começar a trabalhar para mim próprio, só o realizei agora porque os clientes perguntavam frequentemente por sapatos”, conta à Praça este neto de alfaiate.

O projecto começou a ser maturado “há 2 anos”, mas só agora Ayres encontrou o parceiro ideal para a produção da colecção. “São produzidos por um amigo meu aqui em Portugal”, partilha o criador.

Agora, a intenção do portuense é “vender para todo o mundo”.

“Produzo os modelos clássicos em todas as peles possíveis e imaginárias. Tenho um leque muito variado de peles e cores”, sublinha Ayres Gonçalo.

A construção Goodyear faz com que sejam confortáveis.

Ayres recebe os clientes no seu ateliê, mas, se alguém não tiver possibilidade de se deslocar até à baixa do Porto, as medidas podem ser tiradas ao domicílio.

“Os sapatos ficam prontos a ser entregues num prazo de 15 dias” e custam 400 euros – “o preço é igual para todos os modelos e tipos de pele”, atalha Ayres.

O alfaiate que já fez fatos para o Príncipe Carlos de Inglaterra e os seus filhos também cria para senhora. “Os sapatos para senhora são exactamente os mesmos modelos que tenho para Homem. São para o feminino no estilo masculino”. O preço é igual.

 

  1. Jorge Barbosa says:

    Dizer que isso é um sapato de construção Goodyear e que custa 400€ é um assombro de ingenuidade e só cai quem não souber coisa alguma sobre sapatos!! Fizeram o trabalho de casa de verificar essas informações? A imagem atesta o contrario, qual Goodyear qual quê? sabem do que estão a falar? 400€ só se forem uns Carlos Santos!!

    • Joana Gonçalves says:

      Trabalho de casa havia de fazer o senhor, no capítulo das boas maneiras. Que tipo de trabalho de casa havia a jornalista de fazer? Percorrer os sapateiros da cidade a perguntar se o alfaite está a cometer perjúrio e a ofender os da classe? Seja inteligente e dê-lhes o seu contacto, pode ser que na próxima vez lhe telefonem a si para atestar a qualidade dos produtos antes de publicarem as notícias.

      • Jorge Barbosa says:

        Joana… sem comentários. Achar que um jornalista não tem que fazer o trabalho de casa e atestar as fontes…. é obra! Mas compreendo que o assunto a iluda e o que eu estou aqui a falar não lhe diga muito.

        • Joana Gonçalves says:

          Sou médica e, de facto, não percebo nada de sapatos. Assim como o senhor não percebe de jornalismo, aparentemente. O que me incomodou no seu comentário foi a arrogância em criticar o trabalho dos outros. Tenho um filho jornalista, casado com uma jornalista, e ambos sentiram o mesmo que eu. “Atestar as fontes” numa notícia sobre sapatos? Dê lá uma sugestão, já que é tão entendido em matérias tão diversificadas. Estamos todos curiosos.

          • Jorge Barbosa says:

            Então se não percebe nada de sapatos para quê esta defesa tão intransigente de uma causa que nem conhece! Apenas pus em causa os valores anunciados nesta não- noticia! Porque isto é pura e simplesmente publicidade encomendada! Ou será que o seu filho e sua douta esposa jornalista não lhe esclareceram isso? Como em tudo há bons e maus profissionais. Quanto a sugestões, pretende sapatos? Normalmente não dou conselhos de borla, mas no primeiro post já lhe falei em Carlos Santos, ou talvez a Zarco, Mack James já tenha ouvido falar, mas posso sugerir uns quantos outros fabricantes, estes sim verdadeiros criadores, como Ferreira Avelar, a Profession Bottier, a De gier, a Macosmi, Distilo, etc. Há algo mais em que a possa elucidar? Deixemos a Medicina de parte, julgo que aí não a contestarei. Ou quer ver que se calhar partilhamos a classe?

  2. maxxuca says:

    realmente o modelo é um classico a k varias marcas recorrem, algumas portuguesas, é uma pratica comum, extranho é este alfaiate de prestigio vir a publico dizer k é um modelo seu,com construçao godyear com um preço tao irrisorio, ,,,

  3. Nome says:

    Cara Joana, se a jornalista em questão viesse contestar um procedimento médico sem recorrer a fontes, seguramente que a “Doutora”, questionaria esse facto. Assim, sendo dê valor às diversas áreas e respeite as diversas profissões. Se os seus filho são jornalistas, seguramente que verificam as fontes antes das publicações.

  4. Agradeço o vosso interesse e deixo aqui um esclarecimento: A fonte da nossa informação é o próprio criador, que estabeleceu o preço acima indicado. A construção Goodyear não foi desenvolvida por Ayres Gonçalo (e em nenhuma parte deste artigo se afirma isso), mas ele utiliza essa forma de “montar” sapatos na sua linha de calçado, como, de resto, fazem outros designers.