8 Fev 2011, 10:10

Texto de Pedro Rios

Praça

Os melhores sítios do Porto para correr – escolhidos por vocês

Lançámos a pergunta aos utilizadores: “quais são os melhores sítios para correr no Porto?”. As sugestões foram do clássico Parque da Cidade à Avenida da Boavista de manhãzinha.

Acreditamos na inteligência colectiva. Muitas cabeças – as vossas todas juntas – pensam sempre melhor do que poucas – as nossas, da redacção Porto24. Por isso, gostamos de vos fazer perguntas. No início do ano, lançámos uma no Facebook e na nossa comunidade OmeuP24: quais são os melhores sítios para correr no Porto? E vocês apressaram-se a sugerir locais, desde o Parque da Cidade até opções mais singulares.

“Corram desde o cubo até São Bento, colina acima”, sugeriu Luis Castro Lopes. “É todo o exercício de que precisam!”. Os mais afoitos, sugerimos nós, podem prosseguir e lançar-se à íngreme Rua de 31 de Janeiro.

O que dá mais gozo a Mariana Santos é “descer a escarpa das Fontainhas e seguir, marginal fora, até à rotunda do Freixo. De regresso, subir a escarpa é exercício redobrado”.

Estas são, ainda assim, voltas curtas. Sigamos, por isso, os conselhos de João Pedro da Costa, que criou o grupo Corredores Porto no OmeuP24 e é um corredor inveterado.

“Há a marginal e aí é só escolher: de Espinho à Lavra não faltam opções”, diz. João adora “o percurso Madalena-Cabedelo, as margens do Douro pela Ponte D. Luís e a Foz até ao Parque da Cidade”. E lembra que, “dentro de pouco tempo, poder-se-á ir sempre em pista até à Lavra”.

Quanto a correr na baixa, o melhor é seguir o percurso da corrida São Silvestre, sugere: “Aliados, Sá da Bandeira, Santa Catarina, Marquês, Constituição, Antero de Quental, Aliados”. Mas só mesmo ao fim do dia ou à noite, “por causa do trânsito”.

Miguel Barbot, outro apaixonado pela corrida, destaca vários sítios planos. “A frente de mar (Foz-Matosinhos) é fantástica. E ainda dá para dar um salto no Parque da Cidade para treinar as subidas. Corro diariamente 10 quilómetros com percursos plano ao lado do mar e regresso a casa pelo Parque [da Cidade]”, conta. “A marginal ao final da tarde é mágica”.

Ainda junto ao mar, Pedro Rocha sugere a zona das praias de Gaia, ideal “para quem gosta de correr junto ao mar”. Ricardo Santos prefere a Praia de Leça.

Parques e avenida de manhãzinha

O Parque da Cidade é uma escolha habitual, mas o leque de parques do Porto preparados para uma boa corrida é bem mais vasto.

Geraldo Quintas sugere o Parque Oriental – já há 10 hectares abertos ao público – e João Pedro da Costa recomenda outros 3, o da Quinta do Covelo, o de São Roque e os jardins do Palácio de Cristal. “São percursos relativamente curtos e lentos”, óptimos para quem está a começar, aconselha.

Deixemos a sugestão final para o incansável João. “Outro clássico é a Avenida da Boavista. Pode-se correr lá durante todo o dia, descer e subir (cerca de 9 quilómetros), mas a avenida é particularmente bela para ‘ser corrida’ de manhã, antes das 7h30. No Verão, é um dos meus percursos favoritos”. O Verão ainda não chegou, mas que isso não seja desculpa para ficarem em casa.

Tem mais sugestões? Deixe-as nos comentários.

  1. Vítor Santos says:

    Um local a considerar é iniciar a corrida próximo do bar azul, bar próximo do farol de Leça da Palmeira, ir pelo “passadiço” de madeira até ao Obelisco na Praia da Memória, próximo do bar Tequilha.
    O percurso é excelente e saudável, por ser à beira do mar. Recomendo!

  2. Filipa Silva says:

    Tem nada que saber. Do Museu de Imprensa à D.Luís e voltar. A noite a cair à ida, a noite feita na volta. 6 quilómetros de puro prazer (e alguns “picanços” com canoístas do Douro; e os sacanas ganham sempre!) :)
    p.s. cuidado com as canas!

  3. João Pereira says:

    Partida do calçadão da Praia de Matosinhos Sul e seguir pelas marginais marítima (junto às praias da foz ou pelas Avenidas de Montevideu e do Brasil) e fluvial até ao Jardim do Calem. Depois o regresso. São cerca de 12 Kms bem saudáveis!!!

  4. o “melhor sítio” é sempre o mais perto de casa (no meu caso já foi Freixo-Ponte D. Luís-Freixo), agora é Valadares-Miramar-Valadares), qualquer um deles agradável. É que pegar no automóvel para ir correr é um contra-senso.

  5. Antigamente morava no Campo Alegre e era só sair de casa e descer até à marginal e correr a partir daí. Agora moro na baixa e de fato vejo-me ‘obrigado’ a pegar no carro para ir até algum sítio (marginal do Porto ou Gaia, Parque da Cidade, etc), algo que detesto mas não consigo evitar…

  6. Emanuele says:

    Olá!! Gostaria de dicas de locais para correr próximo ao metrô de 24 de agosto. Pensei no Jardim de São Lázaro. Estou me mudando para Porto mas não gostaria de parar de correr.

    • Vânia Castro says:

      Desde o campo 24 de Agosto até à zona das Fontaínhas, pelas belíssimas ruas com árvores e uma arquitectura fabulosa (pode ir variando, são todas lindas). Chegando às Fontaínhas, fazer o percurso pelo passeio das Fontaínhas até aos Guindais e aí descer, sempre em escada até à Ribeira. É um percurso lindíssimo, na volta é que é pior… pode sempre subir pelo funicular se estiver muito cansada :)

      • Vânia Castro says:

        També seguir em sentido contrário, em direcção à rua do Heroísmo e seguir para os jardins de Nova Sintra (onde se encontram as águas do Porto). Muito bonito também!

  7. Vera says:

    Resido na Cedofeita – Porto há um ano e procuro manter os hábitos de corrida que praticava em Guimarães com um grupo. Na verdade, sei que consigo maior rendimento em grupo do que sozinha. Alguém sabe de grupos que gostem de praticar durante a semana?

    • Raquel Guimarães says:

      Eu moro na Rua da Boavista e gostava de começar a correr, se quiser companhia não exite em contactar-me por mail