27 Jan 2011, 1:39

Texto de Pedro Rios

Praça

Os melhores hostels do Porto: o difícil é escolher

,

Nos últimos anos, o Porto encheu-se de hostels, todos com preços baixos e um espírito informal. Tomámos o pulso à tendência e escolhemos alguns dos melhores.

Nos últimos anos, o Porto encheu-se de hostels, alojamentos mais baratos e com um espírito informal, que condizem com o perfil de muitos dos turistas que têm enchido a cidade: jovens, sem muito dinheiro no bolso e com mais vontade de o gastar no bulício da cidade do que em hotéis luxuosos. Escolhemos alguns.

Dixo’s Oporto Hostel
É um projecto de família, de Joana, e do irmão Pedro e do pai, António Dixo. Até abrir as portas, em Novembro passado, os três andaram um ano a restaurar um edifício do século XIX frente ao Mercado Ferreira Borges. Há camaratas mistas e femininas (15 a 16  € por pessoa) e quartos privados com casa de banho partilhada (19 € por pessoa). Biblioteca, bar, sala de estar e de jantar garantem entretenimento a todas as horas.

Dixo's Oporto

Oporto Excentric
A moda dos hostels temáticos tem mais um adepto. O Oporto Excentric (Estrada Exterior da Circunvalação, 13310) tem um local do Porto (da Casa da Música – é o da foto – ao Homem do Leme) representado em cada divisão da casa (podemos chamar-lhe isso porque são apenas quatro quartos). Sala de estar e cozinha partilhadas e um pátio são trunfos do hostel, que quer chegar aos turistas jovens desejosos de praticar desporto numa cidade nova – as praias com boas condições para o surf e para o bodyboard estão ali mesmo ao lado (no hostel, há mesmo um sítio para guardar pranchas e fatos de surf). O quarto duplo com casa de banho partilhada custa 23 € por pessoa; com WC privada fica por 26 € por pessoa.

Oporto Excentric

Wine Hostel
Abriu no Campo dos Mártires da Pátria, com vista para o jardim da Cordoaria, na Primavera de 2010, cheio de vontade para explorar a velha relação do Porto com o vinho. Cada piso recebeu a cor de uma qualidade de Vinho do Porto: os rubis, os laranjas e amarelos torrados dos Tawny, o branco e o cor-de-rosa (do moderno Pink). Um pouco por todo o hostel há referências ao Vinho do Porto e ele está, como não podia deixar de ser, presente na ementa – todos os dias servem-se cocktails com Porto. Era uma pensão, hoje é um hostel com 10 quartos, que pode receber até 45 hóspedes. Há uma zona de recreio com videojogos e uma guitarra – nada mau, não? Para um quarto duplo privado pode contar com preços a partir dos 20 €.

Wine Hostel

Rivoli Cinema Hostel
Este é para os cinéfilos. Cada um dos 13 quartos (duplos ou quádruplos) é inspirado num realizador ou num filme. Prefere Tim Burton ou Manoel de Oliveira? É só escolher. O hostel fica, obviamente, junto ao Rivoli, casa há vários anos do Fantasporto, na Rua Dr. Magalhães Lemos, e tem uma área exterior de 180 metros quadrados que pede churrascos durante o Verão. As noites custam cerca de 20 € por noite – inclui pequeno-almoço.

Rivoli Cinema Hostel

Magnólia
Abriu no Verão do ano passado no número 387 da Avenida Rodrigues de Freitas. Tem quartos privativos (a partir de 22 € por pessoa) e camaratas (cerca de 15 €), cozinha, zona lounge, um jardim e um bar. O preço incluiu pequeno-almoço.

Magnólia

Oporto Poets Hostel
Onde antes havia o bar da cooperativa cultural Gesto, há, desde 2007, o Oporto Poets Hostel, que ocupa hoje dois edifícios. Destina-se sobretudo aos viajantes que chegam sozinhos ao Porto e é a pensar neles que o hostel organiza diversas actividades, desde passeios pela cidade a provas de bebidas. Tem 8 dormitórios (a partir de 16 €) e 7 quartos privados (a partir de 42 €).

Porto Spot Hostel
Fica no número 12 da Rua de Gonçalo Cristóvão e diz-se o maior hostel do Norte do país. O Spot recuperou um edifício de três andares, datado de 1935 e desenhado pelo arquitecto Arménio Losa. Como outros hostels, aposta em momentos de socialização, como festas temáticas (com comida e música de um país) e provas de vinhos. Os preços variam entre 16 e 19 € (camaratas) e entre 20 e 23 € (privados double ou twin) por pessoa.

Porto Spot Hostel

Outras opções:

Andarilho Hostel – Rua da Firmeza, 364
Black and White Porto – Rua Barão de Forrester, 944
Oporto Invictus Hostel – Rua das Oliveiras, 73
Oporto Sky Hostel – Rua da Lapa, 33
Porto Downtown – Praça Guilherme Gomes Fernandes, 66, 1º andar
The Yellow House – Rua Joao das Regras, 96

  1. Boas, tenho um wine & tapas na baixa da cidade que tem como conceiro ser um bar tipico do Porto e gostava de enviar mais informação de forma a ser mais um ponto a favor do turismo na zona do porto. nao sei como faze -lo visto que nao encontrei link apropriado!!
    Podem m ajudar?

  2. Português de Portugal says:

    hostels?!
    Hostels?! =|

    Em bom português é Albergue:

    s. m.
    1. Hospedagem.
    2. Casa em que alguém se hospeda.
    3. Refúgio para pernoitar ou pousar; hospício.

    Hostel em Portugal não existe…
    http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=hostel

    Comunicação social, por favor, utilizem as palavras correctas da nossa querida língua portuguesa e não os estrangeirismos… -.-‘

    Obrigado.

  3. maria joao says:

    boa noite gostaria de saber qual o hostel que ficaria mais no centro do porto,eu e mais uns amigos gostariamos de ir passar a passagem de ano e ficar tres dias no porto gostaria de saber qual m aconselham
    boa noite

  4. Ana says:

    Ola Maria João. Para mim o mais no centro seria o “Porto downtown” que fica mesmo mesmo numa das ruas da baixa onde se sai. mas acho que tambem está cheio (estou a ver para uns amigos italianos que tambem vêm para o fim de ano). Entretanto fui pesquisar e descobri este Yes! Porto Hostel que fica exactamente no mesmo sitio, ao lado dos Clerigos! :)