12 Jan 2011, 10:31

Texto de Amanda Ribeiro

Praça

O Porto nas alturas: 10 sítios para ver a cidade com outros olhos

Já sabemos que há várias maneiras de conhecer a cidade. E que tal subir ao último piso do Silo Auto e descobrir o telhado de sua casa? Sugerimos 10 sítios para ver o Porto nas alturas.

Outros sítios a não perder

Salto tandem no Paraclube da Maia

Já sabemos que há várias maneiras de conhecer a cidade. E que tal subir ao último piso do Silo Auto e descobrir o telhado de sua casa? Sugerimos 10 sítios para ver o Porto nas alturas.

Salto tandem

“Tan-quê?” Tudo o que precisa é de esquecer as vertigens. Teste os seus limites no Paraclube da Maia e vislumbre o Porto a 3000 metros de altitude.

Parque de estacionamento do Via Catarina

Os 600 lugares do parque do Via Catarina não valem nada quando comparados com a vista oferecida no último piso. O olhar estende-se em todas as direcções e nem o fumo ou o característico aroma a McDonald’s incomodam.

Igreja da Lapa

É um dos miradouros mais altos, desde que as recentes obras de restauro do edifício abriram a torre sineira sul ao público. Por se situar numa das cotas mais altas do Porto, avista-se o Cabedelo, o mar e todos os montes e serras que cercam a cidade.

Vip Lounge no Porto Palácio

Não tem apenas (possivelmente) os melhores mojitos da cidade. O Vip Lounge, que se encontra no piso superior do hotel Porto Palácio, concede uma visão 360º de toda a cidade. A Avenida da Boavista nunca pareceu tão longa.

Passeio de helicóptero

É uma das mais belas maneiras de conhecer a cidade ou, atrevemo-nos a dizer, um dos mais inesquecíveis cenários para pedidos de casamento ou festas flash com amigos. A viagem começa no Heliporto de Massarelos (sim, existe, e fica mesmo à beira-rio) e é obrigatório reservar. Só se realiza de Março a Novembro. E claro, o que é bom sabe a pouco: são só 10 minutos, mas chega e sobra para fazer um álbum de fotos.

Porto Gran-Plaza

O 3.º piso do Plaza já não tem esplanada, mas mesmo assim vale a pena fintar a debandada de desportistas que correm para o ginásio e percorrer o terraço. Mesmo em dias de chuva.

Silo Auto

Edificado em 1964, o Silo Auto não é apenas uma obra de arquitectura. Garantimos que se torna, piso a piso, num dos melhores miradouros da cidade. Da próxima vez que estacione, já sabe: olhe lá para fora. E, mais abaixo, sempre tem o bar Anrrique no 17.º andar do Hotel D. Henrique.

Torre dos Clérigos

Vale a pena subir os mais de 200 degraus do grande símbolo portuense. Mesmo sem fôlego, observe os pequenos pontinhos que cruzam a cidade: sim, são mesmo pessoas.

Top of the Roof no Ipanema Park

No 15.º piso, com uma desafogada vista sobre o Douro, o bar Top of the Roof tem tudo: requinte, bebidas e uma piscina. Daqui a cidade é imensa – e sabe tão bem.

Portucale

O Portucale, localizado no 14.º piso do Edifício Miradouro, é já há muito tempo considerado um dos melhores restaurantes da cidade. Para além das tapeçarias de Guilherme Camarinha, tem outros atractivos: reza a lenda no Inverno até se consegue vislumbrar a neve da Serra do Marão.

  1. Pedro Bessa says:

    Esqueceram um local fundamental, por ser, precisamente, o ponto mais alto da cidade do Porto: a torre da Igreja do Marquês. Devido à sua localização, não existe, na cidade, local mais alto. Dá uma excelente reportagem (também graças ao fantástico relógio que lá existe) e à maravilhosa paisagem que dali se avista… 😉