25 Jul 2013, 18:46

Texto de Mariana Marques

Praça

Móveis que prometem melhorar a sua qualidade de vida

Até sábado, o Colectivo de Melhoramentos mostra na guesthouse The White Box House, no Porto, mobiliário de design que contribui para melhorar a vida das pessoas.

O Colectivo de Melhoramentos é o estúdio criativo de Cristina Morais e David da Silva, cujo trabalho nas áreas do design de comunicação e arquitectura é complementar.

O objectivo de ambos é intervir localmente e melhorar a qualidade de vida das pessoas. As suas peças de mobiliário estão em exposição até sábado na loja temporária da guesthouse The White Box House, no número 575 da Rua de Santa Catarina.

Depois de alguns anos a trabalharem longe das suas terras de origem, a designer de comunicação Cristina Morais e o arquitecto David da Silva decidiram largar o que estavam a fazer e regressar ao interior. Nasce então, nas Terras do Demo, no Alto Paiva, o projecto Colectivo de Melhoramentos.

Esta iniciativa consiste, principalmente, na criação de móveis e acessórios para o lar. Nas suas peças, aliam a tradição e a modernidade, patentes no desenho dos móveis, nos materiais usados (ferro, madeira e cimento) e no processo de fabrico, que é todo ele artesanal.

As peças, todas feitas à mão, são o reflexo daquilo em que os 2 jovens acreditam. “Utilizamos materiais pouco trabalhados para serem o reflexo do local onde vivemos, um local sem luxos, como é o interior”, adiantou à Praça Cristina, reforçando o carácter rude e funcional das criações.

Os objectivos do projecto perfazem uma lista grande. Diogo adianta que um dos propósitos do Colectivo de Melhoramentos é “contribuir para a melhoria do espaço onde as pessoas habitam”. Para além disto, querem “corrigir aquilo que está fora do lugar, desenquadrado”, afirmou, na conversa telefónica mantida com a Praça, Cristina.

Com as suas peças pretendem, também, intervir localmente, contrariando a desertificação e a estagnação que tanto afecta o interior do país. “Queremos dinamizar a nossa terra”, explica a designer.

A dupla já participou em várias feiras de mobiliário e têm peças à venda em algumas lojas.

É a primeira vez que o Colectivo de Melhoramentos se apresenta numa loja temporária. David da Silva explicou à Praça que a dupla tem em exposição “peças de diferentes tamanhos. Umas de maior dimensão: sofás, móveis, cadeiras, estantes, mesas; e outras peças mais pequenas, de decoração”.

A visita é gratuita e feita por marcação, através dos telefones 938 526 922 ou 937 291 961.

  1. Todas as nossas peças são feitas à mão e são únicas. Por isso, pode personalizá-las ao seu gosto. São feitas para serem duravéis, por isso não tenha medo de as usar, acreditamos que esse uso com o tempo lhe vai acrescentar uma nova camada de história e de vivência.