Image de MEO Marés Vivas amigo do ambiente

Foto: Miguel Oliveira

8 Jul 2017, 17:03

Texto de Redação

Cultura

MEO Marés Vivas amigo do ambiente

O festival MEO Marés Vivas deste ano aderiu ao programa ‘Sê-lo Verde’, instituído pelo Ministério do Ambiente com o objetivo de “reduzir impactos ambientais através do cofinanciamento de medidas verdes a adotar”.

Durante os três do festival, que arranca no próximo dia 14, sexta-feira, e se prolonga até dia 16, domingo, várias serão as ações ambientais que tornarão o MEO Marés Vivas mais amigo do ambiente.

Uma das medidas, segundo os organizadores do evento, é o lançamento de um spot educacional que será divulgado nos ecrãs do palco principal durante os três dias que decorrer o festival.

Além disso, será incentivada “a adoção de abordagens inovadoras e contribuir-se-á para a educação e sensibilização ambiental dos grupos de interesse envolvidos – promotores, marcas, municípios, espectadores e comércio e local adjacente”.

As boas práticas ambientais serão promovidas durante o MEO Marés Vivas, que voltará a realizar-se no Cabedelo, em Gaia, junto do público nacional e internacional do festival, que o ano passado chegou aos 100 mil espetadores.

As ações serão levadas a cabo pelos promotores, pelas marcas associadas ao MEO Marés Vivas e pelas instituições públicas associadas.

O MEO Marés Vivas, que já se encontra esgotado, contará este ano com nomes como Sting, Scorpions, Tom Chaplin, Seu Jorge ou Bastille.

Isto além de artistas portugueses de renome como Miguel Araújo, AGIR ou Diogo Piçarra.
Paralelamente à música haverá lugar a outros destaques, como, à semelhança de anos anteriores, do palco RTP Comédia, que terá como cabeças de cartaz Ana Bola, Eduardo Madeira e Francisco Menezes.