27 Mar 2012, 9:43

Texto de Maria João Brum

Coisas

Manufaktura reabre na antiga ourivesaria Aliança

, , ,

A Manufaktura, loja da marca de cosméticos homónima da República Checa, mudou-se para o imóvel da ourivesaria que abriu as portas pela primeira vez em 1925.

Manufaktura_AbelBrás

Foto: Abel Brás

A Manufaktura mudou de morada e não foi preciso ir muito longe para encontrar o novo “cantinho”.  Foi só atravessar a Rua das Flores e a loja de cosméticos da República Checa fica agora no espaço da antiga Ourivesaria Aliança.

Paula Rebelo disse à Praça que “não foi preciso pintar uma única parede”, porque o histórico imóvel se encontrava em bom estado e com a traça original preservada.

Graças a Paula e ao marido, Paulo Rebelo, a famosa ourivesaria da Rua das Flores que abriu as portas pela primeira vez em 1925 poderá vir a ser novamente um importante ponto de referência da cidade.

Certo é que a Manufaktura veio devolver à cidade um património ímpar. No espaço da loja, concilia-se o passado com o futuro, convivem móveis modernos do IKEA e mobiliário antigo, como a mesa redonda com um tampo de vidro e os bancos a condizer ou mesmo os espelhos de parede no rés-do-chão ou o elevador antigo que (ainda) conduz os visitantes, perdão, clientes, a uma mezzanine no primeiro andar.

Onde antes era exposta joalharia requintada, hoje estão à venda cosméticos, peças de artesanato e atoalhados.

Traça original 

O imóvel da Aliança foi construído pelo arquitecto Francisco de Oliveira Ferreira, o mesmo que projectou o emblemático café A Brasileira. 21 anos depois de a ourivesaria abrir, em 1946, o espaço foi adquirido pela empresa de têxteis Moura Fernandes, e transformado numa loja de lingerie, que permaneceria aberta durante 66 anos.

A área de negócio mudou, mas “o carinho e cuidado de Moura Fernandes durante décadas” reflecte-se no interior do edifício, que chegou à actualidade cuidado e cuja traça original foi mantida, afirma Paula Rebelo. O importante, agora, acrescenta, é “recuperar o que for preciso”.

Um dos objectivos desta nova etapa no negócio que se instalou no centro histórico do Porto em Setembro de 2010 é “mostrar o que se faz muito bem na cidade”, afirma Paula Rebelo, e ser um ponto de partida para os turistas que visitam o Porto.

 

 

  1. Andrea Pereira says:

    Infelizmente ainda não tive oportunidade de visitar a nova loja, mas pelo que vejo está LINDA!!! não espera outra coisa da Manufaktura.
    Parabéns e até breve.

  2. JANINE MONTEIRO says:

    Espero sinceramente o maior sucesso ! pois faz falta gente com esse seu espirito positivo.. e apaixonado pela nossa tradiçao… Espero mesmo.. que juntas possamos fazer muitas coisas juntas….uma delas concerteza tornar essa Rua das Flores.. das mais nobres desta cidade..como ja foi em tempos…como nos deliciam os livros do Germano Silva.. nos seus relatos. Pois tal como a Paula tenho essa paixao ! Beijinhos.. e tudo de bom do coraçao. Espero poder colaborar nessa missao de revitalizar a nossa baixa portuense !