16 Mai 2011, 17:15

Texto de Ana Isabel Pereira

Coisas

Já não tem de ir a Lisboa ou Londres para comprar Marc Jacobs

, , ,

A inauguração da primeira loja da marca própria do director criativo da luxuosa Louis Vuitton já abriu há uma semana, mas a inauguração oficial é só esta quinta-feira.

Em Lisboa, a marca vende mais carteiras e acessórios. Foto: AIP

Os fãs dos modelitos e das carteiras e restantes acessórios da Marc by Marc Jacobs já não têm de aproveitar as idas a Lisboa ou voar até Londres para comprar as novidades da marca própria do director criativo da luxuosa Louis Vuitton.

Das duas uma: ou põem a poupança no banco ou investem em mais uma mala de 400 euros ou um vestido de 280 euros – quem pode, pode; só podemos ter inveja.

A primeira loja da Marc by Marc Jacobs no Porto (Rua das Carmelitas, 70) já abriu há uma semana, mas a inauguração oficial é esta quinta-feira.

Entre as 18h30 e as 21h30, haverá muita animação, DJs e algumas surpresas, num programa em parceria com Batata Cerqueira Gomes.

Para já e porque a loja abriu depois de a estação começar, encontrará por aqui artigos que vieram da loja no Chiado, em Lisboa.

A actual colecção de mulher é leve, abusa da cor – como o amarelo e o laranja, mas também o azul marinho, cor de marca desta etiqueta de luxo –, é prática, casual mas feminina.

As carteiras – o artigo mais procurado, a par de outros acessórios, na loja de Lisboa – são quase todas em pele, de qualidade, elegantes e servem quer para o dia-a-dia profissional, quer para a noite mais trendy.

A colecção de mulher ocupa uma parte maior da área desta loja na baixa, mas há um cantinho dedicado à colecção de homem da marca do estilista nova-iorquino, que é também ela prática e casual.

“Em Lisboa, não vendemos muito para homem. Vendemos mais para mulher e vendemos sobretudo carteiras e acessórios. Aqui, tem-se vendido muito bem a roupa de mulher”, disse à Praça Filipa Cortez, gerente da loja do Porto.

Outra diferença é o horário, enquanto que no Chiado a Marc by Marc Jacobs fecha ao final da tarde, no Porto, de quinta a sábado, loja só fecha às 22h30.

  1. Nome says:

    A parte que interessa, que é saber que esta loja ocupa uma antiquíssima loja do Porto, os Armazéns da Capela, não é mencionada. É como se não interessa-se para nada. Gostav que tivésse havido mais preocupação com manter a identidade prévia do espaço, tão marcante naquela zona da cidade, famosa pelos seus armazéns de tecidos… e seria até uma boa deixa para a marc jacobs.