Image de Há ‘Cinema na Relva’ para ver no Parque Central da Maia

Foto: DR

19 Jul 2017, 14:42

Texto de Beatriz Carneiro

Praça

Há ‘Cinema na Relva’ para ver no Parque Central da Maia

,

O Parque Central da Maia vai acolher esta sexta-feira e sábado, e também nos dias 28 e 29, mais uma edição do ciclo de filmes ‘Cinema na Relva’. A entrada é gratuita.

Numa iniciativa promovida pelo Cineclube da Maia, os filmes vão andar na rua. Esta sexta-feira a estreia é com ‘La La Land’ (2016), de Damien Chazelle,

‘La La Land’ (na foto) é um musical que venceu sete Globos de Ouro e que conta a história de dois jovens: Mia (Emma Stone), que sonha em torna-se uma estrela de cinema, ter uma carreira em Hollywood e ser mundialmente conhecida, e Sebastian (Ryan Gosling), um pianista talentoso que sonha ter um bar, com uma grande paixão pelo jazz, mas pouco valorizado.

Os dois jovens acabam por se apaixonar, incentivam-se um ao outro na busca pelo sonho, mas a competição e a busca pela fama são duas condicionantes a considerar neste enredo.

Os filmes continuam este sábado com a comédia ‘O Meu Tio’ (1958) de Jacques Tati. No mundo moderno, “clean” e “high-tech” do casal Arpel (Jean-Pierre Zola e Adrienne Servantie), tudo é perfeito, mas não há espaço para humor, diversão, jogos ou até sorte. Tudo é abalado com a chegada do tio, Sr. Hulot (Jacques Tati), caloroso e inadaptado, que, para satisfação do sobrinho Gérard (Alain Bécourt), vai alterar tudo.

No dia 28, é a vez do público se transportar para o filme ‘Capitão Fantástico’ (2016) de Matt Ross. O casal Ben (Viggo Mortensen) e Leslie (Trin Miller) decidiram educar os seis filhos menores num paraíso, em harmonia com a natureza, onde pudessem crescer em liberdade.

Quando Leslie é hospitalizada e acaba por falecer, o marido vê-se obrigado a voltar à civilização com as crianças, tendo que se adaptar e repensar as decisões que tomou em relação aos filhos.

No dia seguinte, sábado 29, ‘Tão Só o Fim do Mundo’ (2016), de Xavier Dolan, encerra esta sétima edição do ‘Cinema na Relva’. Depois de 12 anos afastado, o escritor Louis (Gaspard Ulliel) volta a casa para dizer à família que está a morrer. O reencontro vai despertar mais hostilidades do que o esperado.

O Parque Central da Maia situa-se junto à estação de metro do Fórum Maia. Nos quatro dias, todas as sessões ao ar livre vão ter início às 22h.