12 Set 2011, 19:00

Texto de Redação

Coisas

Flea Market + Oporto Fest = uma soma com tudo para dar certo

É uma “joint venture” com tudo para dar certo: este sábado, o Flea Market junta-se a um novíssimo festival da cidade, o Oporto Fest. Objectivo: “celebrar a arte e a música”.

Fotografia da exposição ''Fé nos Burros'

Flea vai mostrar exposição "Fé nos Burros". Foto: DR

É uma joint venture com tudo para dar certo: este sábado, o Flea Market junta-se a um novíssimo festival da cidade, o Oporto Fest. Objectivo: “celebrar a arte e a música”.

O Flea Market – uma feira de usados, que muda de tema de edição para edição (desta vez teremos um Flea “artístico”) – vai ocupar o jardim do Palacete Pinto Leite e, em dia de inaugurações no quarteirão de Miguel Bombarda, há uma exposição no programa, “Fé nos Burros“, do fotógrafo João Pedro Marnoto.

“Durante 2 anos, o Flea Market cresceu e multiplicou-se”, diz a organização. “De uma pequena feira sedentária passou a ser ambulante e a envolver mais de 100 vendedores por edição”.

Para além das bancas de produtos usados, haverá actividades para crianças e, graças à parceria com o Oporto Fest, muita música. Entre as 19h e as 23h, haverá concertos de X-Wife, Slimmy e Vera Cruz nos jardins do palacete.

  1. graça says:

    O projecto é aceitável, mas subsiste à custa de vendedores e compradores. A organização não merece respeito a partir do momento em que tem uma pessoa prepotente e mal educada, a gerir o projecto. Face a uma reclamação não se pode responder “se não gosta vá-se embora”, esta é a resposta de alguem que não tem argumentos e prima pela pretensão de estar acima de tudo. Lamento a falta de diplomacia e a nitida arrogancia da coordenadora do projecto