3 Fev 2012, 11:28

Texto de Ana Isabel Pereira

Praça

E sobe ao palco… uma feira de usados em teatro

,

As Boas Raparigas foram aos camarins, sótãos e anexos, recolheram o que por lá andava e sábado põem tudo à venda no palco do Estúdio Zero.

Foto: DR

As Boas Raparigas foram aos camarins, sótãos e anexos, recolheram o que por lá andava e agora põem tudo à venda no palco do Estúdio Zero. A Teatrofeira decorre no sábado, das 11h às 19h.

Nesta venda invulgar, encontrará casacos, saias, sapatos, malas, conjuntos de copos, tapetes, cadeiras, armários e até “objectos mais bizarros, como a cabeça decepada de um mouro”.

Todos estes artigos e objectos “serviram para contar histórias e deram brilho aos actores em palco”. “Terminada a sua função, cedemo-las aos espectadores por preços módicos”, diz a companhia de teatro portuense numa nota enviada à Praça.

É uma oportunidade para levar para casa “o vestido que a Maria do Céu Ribeiro usou para ser a Molly de James Joyce, o fato preto com que Wagner Borges assistiu noite após noite, ao funeral do pai em Mãos Mortas, ou a saia rodada com que Carla Miranda lembrou Tina Modotti”.

Tudo “ao melhor preço”, na Rua do Heroísmo, 86.