13 Mar 2012, 19:32

Texto de Alexandra D. Marques

Comes & Bebes

Democracia dos doces: com ou sem glúten

,

Abriu a primeira loja de doces para todos (intolerantes ao glúten e diabéticos incluídos) do Porto.

Escultura feita pela doceira da Doce da Casa

Quase todos gostamos de comer doces, mas há pessoas que se vêem privadas desse pequeno prazer. Abriu recentemente a primeira loja de doces para todos do Porto, até para pessoas intolerantes ao glúten e diabéticos.

A Doce da Casa é uma pastelaria situada na Rua Oliveira Monteiro, junto à paragem de metro Carolina Michaelis, que se dedica à arte de fazer doces, com tudo a que se pode ter direito ou apenas com aquilo que se pode comer.

Pedro Basto, proprietário, deixou por terminar uma licenciatura em Arquitectura e uma carreira como comercial de telecomunicações. Em vez disso, conjugou o saber que absorveu nas 2 áreas e abriu uma pastelaria fora dos moldes tradicionais.

“Conjugou-se tudo: a parte comercial com a parte visual e até mesmo os princípios de construção que aplico nos bolos”, afirma o proprietário, que sempre foi guloso e gostou de fazer bolos.

whoopies

Pedro foi inspirado por uma amiga alérgica ao glúten, que tinha de confeccionar os seus próprios doces e levá-los como sobremesa aos jantares para os quais a convidava.

“Essas pessoas não tinham como comprar feito, compravam os ingredientes e muitas das vezes tinham de os importar através da Internet”, acrescenta. Ao confeccionar doces para celíacos, Pedro lembrou-se “também da diabetes, uma doença que afecta cada vez mais pessoas”.

As receitas são todas da sua avó, apenas os formatos é que mudam para algo mais contemporâneo, como cupcakes e whoopies (uma espécie de bolacha com creme ou gelado no seu interior).

“Os whoopies ainda não são muito conhecidos, é mais nos Estados Unidos, mas os cupcakes já se começam a ver com frequência”, diz.

Pedro sonha agora em expandir o negócio. Abrir lojas em Matosinhos e Guimarães são possibilidades em aberto.

  1. Raquel B says:

    Desde que abriu é o meu sitio preferido para lanchar e até almoçar!! Têm umas sopas deliciosas, a bola de carne é obrigatória e os bolos são do OUTRO MUNDO!!!

  2. Sara Cunha says:

    Tambem conheço e tenho pena de não poder ir pelo menos 1 vez na semana (ja me contentava) mas com este sucesso o Doce da Casa vai ter que abrir filiais na EUROPA!
    Obrigatório visitar para quem ainda nao conhece!
    Super Mega Doce @ Doce da Casa

  3. maria ferreira says:

    A chaque fois que je vais au portugal, je ne manques jamais une occasion d’aller deguster ces si bons gateaux, cela s’appelle de l’ART. Merci à vous c’est toujours un excellent moment que je passe avec vous….. A très bientôt.

  4. odetecrespo@sapo.pt says:

    Adoro a loja Doca Da Casa!
    Desde os almoços ligeiros a terminar na doçaria, adoro tudo. Desde que abriu só no Doce Da Casa eu almoço ou lancho fora de casa. A sopa é sempre óptima, as quiches, a bôla , os cupcakes, whoopies, tudo é uma delícia, UMA TENTAÇÃO!!!

  5. ines says:

    ainda bem k existe este espaco pois sou mae de um menino celiaco pekeno e ‘e muito complicado leva-lo a algum lado pois kando tem fome e se nao me previno, ele nao pode comer nada em lado nenhum. muita sorte e coragem para conseguir levar este projeto avante. irei visita-la sem duvida com o meu menino k ate vai estranhar poder comer bolos de uma pastelaria.

  6. Ideia Fantástica!!! Ainda não conheço, mas estou cheia cheia de vontade de conhecersou celiaca e fico felicissima por finalmente poder comer um bolinho fora de casa aqui no Porto :)

  7. Diana Bicho says:

    Muito bom :) Sou intolerante ao glúten. Vivo em Lisboa, mas sou de Guimarães e vou tentar não passar apenas pelo Porto. Vou começar tb a parar :) Grande ideia! Obrigada!

  8. Cristina Brito says:

    Estou curiosa! Na próxima semana, visitar-vos-ei! Eu e a minha celíaca e a minha diabética! Bem haja, Pedro, por ser inovador!

  9. Mariana Ferreira says:

    Muitos parabéns
    Sou mae de uma menina celiaca e é muito bom saber que cada vez mais a novidades para as pessoas como a minha filha
    quando tiver oportunidade faço questão que conhecer e levar lá a minha filha
    vai ser uma alegria para ela comer um bolo de pastelaria

  10. jose mesquita says:

    Olá estou com um pequeno problema, a minha esposa e alérgica ao glúten, está desejosa de um bolo de anos, queria saber se há possivelidade de confecçionar um. Vou passar aí para conhecer a casa.