29 Fev 2012, 22:53

Texto de Ana Isabel Pereira

Praça

Dança do varão no casino de Espinho

,

Às sextas e sábados à noite, o Casino Espinho tem espectáculos de “Pole Dance”. Um programa diferente, que se vai manter durante todo o ano.

Foto: DR

“Pole dance”, em português Dança do Varão, é uma modalidade que consiste em dançar de forma sensual com o apoio de um varão – bem, é mais do que isto, porque exige técnica e boa forma física… – e que tem vindo a angariar cada vez mais adeptos em Portugal.

Começa a ser possível uma pessoa inscrever-se numa escola de dança para aprender a pendurar-se a movimentar-se com sensualidade num varão. E há até empresas que vendem varões extensíveis para colocar em casa, no ginásio, enfim, onde a imaginação e a disponibilidade de espaço deixarem.

Surpreendente é que um casino tenha um espectáculo regular de “Pole Dance”. Pois é, o Casino Espinho oferece – mesmo; a entrada é gratuita –, desde Janeiro, um show pleno de sensualidade e beleza.

No Central Bar, todas as sextas-feiras e sábados, os clientes e visitantes do casino podem assistir a performances inesperadas, de aproximadamente 5 minutos, por bailarinas profissionais com experiência em espectáculos de casino e vários  estilos de dança.

show começa por volta das 23 horas e que repete várias vezes ao longo da noite.

“Esta é já uma prática comum a nível internacional. Os casinos Solverde pretendem proporcionar uma experiência diferente a cada visita e não nos limitamos a oferecer o óbvio. Variar e inovar as emoções que proporcionamos aos nossos clientes é fundamental”, explicou, por email, à Praça fonte oficinal do grupo Solverde.