21 Abr 2012, 14:08

Texto de Alexandra D. Marques

Comes & Bebes

Cozinha tradicional feita pelas mesmas mãos há mais de 30 anos

, ,

As especialidades do Aquário Marisqueiro, que fica na Rua de Rodrigues Sampaio, perto dos Aliados, são as cataplanas de peixe e o arroz de marisco. O restaurante vai de vento em popa e aposta em pratos da cozinha tradicional portuguesa.

Aquário Marisqueiro

Fotos: Alexandra D. Marques

Se é fã da cozinha tradicional portuguesa e de marisco, conhece, de certeza, o Aquário Marisqueiro. Esta referência no centro da cidade, a escassos metros do Rivoli, tem nova gerência, mas a cozinha tradicional, feita pelas mesmas mãos prendadas há mais de 30 anos, a qualidade e serviço competente mantêm-se.

A gerência está agora a cargo de 4 sócios: Hermínio Soares (cozinheiro-chefe do restaurante há 36 anos), Luís Fonte, Ângelo Fonte e Arnaldo Santos.

As especialidades são as cataplanas de peixe e o arroz de marisco, mas quem preferir carne pode sempre optar por tripas à moda do Porto, cozido ou arroz de cabidela.

“Belíssimos profissionais”

Os empregados são os mesmos de sempre, assim como a essência do restaurante. “Já conhecia a casa e as pessoas há cerca de 20 anos, são belíssimos profissionais”, afirma Luís Fonte.

“Eu sou suspeito porque sou empregado, mas dos restaurantes que conheço (e já ando nisto há 42 anos) estas são das melhores tripas que se comem no Porto”, afirma Manuel Gomes, empregado do Aquário há 14 anos.

Aquário Marisqueiro

O restaurante existe há mais de 35 anos.

Ao almoço, o restaurante é conhecido como “o restaurante dos advogados” (existem vários escritórios de advogados perto), mas à hora de jantar a maioria dos clientes é turista.

“Há dias, tivemos cá 2 senhoras argentinas que vieram jantar e tomaram conhecimento através de uma colega que as aconselhou a vir cá. Comeram cataplana de peixe e adoraram”, acrescenta Manuel.

“Não estamos a sentir a crise”

O negócio corre “muitíssimo bem” e conta com uma longa lista de clientes fixos. “Esta casa tem uma clientela muito fixa. Se almoçar aqui durante uma semana encontra várias vezes os mesmos clientes”, afirma Manuel. “Não estamos a sentir a crise”, acrescenta Luís Fonte, um dos 4 sócios do Aquário.

As segundas-feiras são dia de bacalhau à brás e às quartas há bacalhau à Gomes de Sá. “Muitos clientes vêm de propósito”, afirma Manuel. A carta de vinhos é outra das apostas da casa. “Temos vinhos de todas as regiões do país”, diz Luís Fonte.

O Aquário Marisqueiro está aberto do meio-dia às 22h, de segunda a sábado. Seja almoço ou jantar, o preço médio por refeição varia entre os 15 e os 20 euros.