Image de Contagem decrescente para a Red Bull Air Race

Foto: DR

6 Ago 2017, 13:09

Texto de Redação, com Lusa

Cidade

Contagem decrescente para a Red Bull Air Race

,

O regresso da Red Bull Air Race ao Porto, a 2 e 3 de setembro, 10 anos depois da estreia, surge dividida em duas classes e com a primeira mulher piloto, Mélanie Astles.

De todos os pilotos que vão competir, nenhum deles ganhou no Porto, sendo o atual líder da prova, o veterano norte-americano Kirby Chambliss, quem mais perto ficou de o conseguir, terminando em segundo lugar em 2008.

O traçado é composto por uma sucessão de pilares e pórticos insufláveis. E vai manter-se entre as pontes D. Luís e da Arrábida, naquela que será a sexta etapa do calendário de 2017 e a 80ª corrida do campeonato nascido em 2003, informou em comunicado a organização.

Kirby Chambliss, presente desde a primeira corrida, conquistou dois títulos mundiais (2004 e 2006) e, citado pela organização, afirmou: “Conheço bem o traçado do Porto e sinto-me muito confortável em voltar lá. Na última corrida fui o mais rápido na qualificação, mas depois tive um problema com o avião que me impediu de ir mais longe. Agora estou confiante num bom desempenho”.

Líder do campeonato, Chambliss dispõe de uma escassa vantagem sobre os seus mais diretos adversários, o japonês Yoshihide Muroya e o checo Martin Sonka, ambos a um ponto.

No regresso ao Porto, a competição terá a qualificação no sábado e a corrida no domingo, com a prova reconhecida pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI) como o Campeonato do Mundo da aviação desportiva, a ter agora duas classes, uma para pilotos consagrados (Master Class) e outra para novos talentos (Challenger Class).

Na segunda delas compete a primeira mulher a alinhar na Red Bull Air Race, a francesa Mélanie Astles.

Ao todo são 23 pilotos em representação de 15 países, sendo o atual detentor do título o alemão Mathias Dolderer.

Para além do traçado, também o aeroporto temporário da corrida – situado no Parque da Cidade – estará aberto ao público em períodos específicos, possibilitando aos adeptos ver de perto os aviões e conhecer os pilotos.