11 Dez 2013, 18:45

Texto de Rafael Ferreira, com Lusa

Praça

Concertos de música e dança para aquecer Dezembro

, ,

Com a chegada do Natal, multiplicam-se os espectáculos dedicados à época mais mágica do ano. A Praça agrupou algumas sugestões para se divertir enquanto o dia 24 de Dezembro não chega.

Invicta Big Band

A Invicta Big Band vai actuar, sábado, no Orfeão da Foz do Douro.

Com a chegada do Natal, multiplicam-se os espectáculos dedicados à época mais mágica do ano. A Praça agrupou algumas sugestões para se divertir enquanto o dia 24 de Dezembro não chega. Eventos onde a música será a estrela e o acesso é gratuito ou a entrada é relativamente baratinha.

A Câmara do Porto organiza, já na próxima sexta-feira, dia 13, um concerto, a partir das 18h, no átrio dos paços do concelho. O espectáculo terá 2 partes: na primeira actuará a Banda Sinfónica Portuguesa, que interpretará temas clássicos e populares, alusivos ao Natal, e na segunda o “Elenco acappella” apresentará o seu reportório de tradição gospel. A entrada é livre mas limitada à lotação do espaço – as portas abrem às 17h30.

No mesmo local, a partir do dia 17, a Câmara recebe uma exposição cujo mote é a pergunta “O que é o Natal?”. A mostra, que ficará patente no edifício durante um mês, reúne peças e objetos das colecções da Câmara Municipal.

Ensemble Vocal Pró Musica, Coro da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso e o Orfeão de Matosinhos são algumas actuações que também estão programadas para a próxima sexta-feira, pelas 21h30, na igreja da Sé Catedral do Porto.

No sábado e na Casa da Música será interpretada a “Oratória de Natal”, de Johann Sebastian Bach, composta por 6 Cantatas com cerca de 3 horas. Esta Oratória será dividida por 2 etapas à responsabilidade da Orquestra Sinfónica e da Orquestra Barroca, acompanhadas pelo Coro da Casa.

Ainda no sábado e no mesmo espaço haverá o “Concerto per la Notte di Natale dell’anno 1956″, de Luigi Dallapiccola, apresentado pelo Remis Ensemble e a soprano Sarah Wegener. A programação intitulada “Música para o Natal”, da Casa da Música, termina no dia 23.

O Museu Romântico da Quinta da Macieirinha recebe, também no sábado, o recital dos Dryads Duo – conjunto vencedor do Prémio Jovens Músicos 2011 e composto por Carla Santos no violino e Saul Picado no piano –, que editou recentemente o seu primeiro CD, com obras de Janacek, Ravel e Enescu.

O espectáculo de teatro musical e de expressão dramática “O Som do Algodão” vai estar, na quarta-feira, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, com uma actuação destinada ao público infanto-juvenil, de uma viagem à volta do mundo, rumo ao Pólo Norte.

Nos dias 21, 22, 27 e 28, às 17h, os músicos da Escola Profissional de Música de Espinho irão actuar na Baía das Raias do SEA LIFE, Porto, com 4 concertos da Orquestra de Steeldrums e do Quarteto de Saxofones.

Workshop e dança

O NorteShopping tem, este mês, vários espectáculos dirigidos a quem visita o centro comercial. No próximo sábado,, entre as 15h30 e 16h30, a escola de música A Pauta brinda o público com um concerto de violino. No dia 22, direccionado para as famílias, terá lugar o workshop ”LixoMusical”, cujo objectivo é preceber o potencial musical de objectos que à partida não têm utilidade.

Nos dias 21 e 28, a magia invadirá o NorteShopping com os ilusionistas da Oporto Magic, que celebrarão um espectáculo entre as 15h e as 18h. Até ao dia 23, o Pai Natal está disponível, entre as 10h e as 13h e entre as 17h e as 23h, para tirar fotografias com quem desejar levar essa recordação do ‘barbudo’ para casa.

A Apolo Porto promove, também no próximo sábado, uma Noite Dançante de Natal. O espectáculo, que decorrerá nas instalações da escola – na Rua Clube Fenianos Portuenses, 29 –, conta, obviamente, com dança e música ao vivo. Quem quiser participar tem de pagar 5 euros, mas a entrada dá direito a bebida.

A mesma escola da dança está a recolher, até sábado, precisamente, produtos alimentares que tenham validade alargada (massas, arroz, enlatatados, entre outros produtos) e mantas ou agasalhos, que serão depois entregues à Instituição Amigos da Rua, que apoia os sem-abrigo da cidade Porto.

Durante todo o mês, a Apolo Porto, oferece aos miúdos dos 4 aos 10 anos, as aulas de Danças Urbanas Kids, que decorrem às terças-feiras, entre as 18h e as 19h. E, a quem ainda não é aluno da Apolo, a escola oferece 50% de desconto nas inscrições. 

Também no próximo sábado, a Invicta Big Bang (IBB) organiza, pelas 21h30, o concerto “Natal com Glamour”, no salão nobre do Orfeão da Foz do Douro. “A IBB tem como base programática o jazz, nas suas mais variadas vertentes, passando pelo rock, pop e pela música latina, assentando o seu trabalho em 3 pilares fundamentais: o conjunto, o virtuosismo e a Iimprovisação”, explica a banda na sua página de Facebook. Os bilhetes para o concerto custam 2 euros.

Fora do Porto

Na sexta-feira, a Escola de Música da Póvoa de Varzim vai dar um concerto de Natal na Igreja de S. José de Ribamar. O espectáculo surge na sequência da comemoração dos 25 anos de existência da escola e contará com a participação das orquestras de cordas, sopros e com as diversas classes de conjunto vocais da instituição. O concerto tem início marcado para as 21h30.

No mesmo dia, em Santo Tirso, a Igreja Matriz será palco de outro concerto do Natal. A Câmara Municipal de Santo Tirso organiza o evento, em parceria com a ARTAVE – Escola Profissional Artística do Vale do Ave, e o concerto ficará a cargo do maestro Hugo Ribeiro, que dirigirá a Orquestra de Sopros da ARTAVE, composta por cerca de 30 músicos, e o coro do Centro de Cultura Musical, constituído por cerca de 20 alunos da instituição que se dedica ao ensino profissional artístico.

Com início para as 21h30 e entrada gratuita, durante uma hora e 15 minutos serão interpretadas canções natalícias, como “Eine Kleine Nachtmusik”, de Mozart, “Rejoice”, de James Barnes, “Suite” e “Celebramos o Natal”, de Holst, e “Missa breve nº 7″, de Gounod.

Ainda no Grande Porto, no concelho de Santa Maria da Feira, a Quinta do Castelo permanece transformada, até ao dia 29, em “Terra dos Sonhos”, parque temático onde se pode encontrar muitas personagens do imaginário infantil.

Este artigo foi actualizado com mais iniciativas.

 

  1. Cara Anete: Antes de tudo, gostaria de parabenizá-la pelo seu procedimento didático e agradecê-la por usar minha obra na alfabetização de seus alunos. Isso muito me orgulha e me responsabiliza. Quando comecei a compor esse tipo de música, com Vinicius, não pensávamos que alcançaria o estágio que alcançou em relação aos currículos escolares. A coisa se acentuou depois, com as canções que fiz com Mutinho (Casade Brinquedos) e com Elifas (Canção Para Todas as Crianças). A música ativa realmente a sensibilidade, aguça a percepção temática da letra e faz a criança aprender como se divertisse, ludicamente, o que é essencial para todo aprendizado. É por isso que meu público se renova. Desde 1980, são gerações que aprendem a me conhecer desde esse aprendizado nas escolas e acabam acompanhando minha carreira. Enfim, é a arte contribuindo para a evolução da cultura e do conhecimento. Obrigado e um beijo carinhoso do Toquinho.