25 Jan 2012, 13:11

Texto de Redação

Praça

Cuidado com as aparências: a Casa de Serralves não foi vandalizada

Não entre em pânico se vir esta fotografia com a Casa de Serralves grafitada: é uma instalação artística baseada em realidade aumentada.

Walls to the People

Calma: não, a Casa de Serralves não foi vandalizada. O que vê na fotografia (e poderá ver em Serralves a partir de sábado) não é um graffitti, mas o resultado de uma instalação artística baseada em realidade aumentada.

A obra é do artista João Paulo Feliciano e vai inscrever nas paredes da Casa de Serralves frases ao jeito dos graffitti, só que virtualmente. Isto é: tudo será visível apenas se tiver nas mãos um smarthphone ou tablet com tecnologia de realidade aumentada.

Segundo Serralves, esta é a “primeira instalação artística em Portugal a utilizar a tecnologia de realidade aumentada”.

A inauguração da obra “Walls to the People” está marcada para sábado, às 15h.