16 Nov 2012, 18:32

Texto de Ana Isabel Pereira

Praça

Bancas urbanas em dose tripla este fim-de-semana

Sábado, o Flea Market volta ao Silo-Auto e a Praça Carlos Alberto recebe o 21.º Mini Porto Belo. Domingo, há feirinha solidária da ATACA no Breyner85.

O último Flea Market foi na Foz. Fotos: Arquivo/ Nataniel Diogo

Este fim-de-semana, não há um nem 2, mas sim 3 mercados urbanos a acontecer na baixa do Porto. Sábado, o Flea Market volta ao Silo-Auto e a Praça Carlos Alberto recebe a 21.ª edição do Mini Porto Belo, mas a novidade é a Feirinha Movica, no domingo.

A feira, integrada no MOVICA IV – Mostra de Vídeo e Cinema Africano, um evento organizado pela associação ATACA – Associação de Tutores e Amigos da Criança Africana, decorre no Breyner85, das 14h30 às 19h. A ideia é angariar fundos para o desenvolvimento dos projectos que a associação mantém em África, ao mesmo tempo que chamam a atenção das pessoas para a produção artística africana.

Durante o mercado, vai actuar o DJ Keli e haverá um workshop de percurssão. Depois do jantar, pode voltar ao Breyner 85 para assistir aos espectáculos da companhia de dança AESTP (22h) e da Allatantou Dance Company (22h45). A noite prosseguirá com Ras Sidney (23h45), Bilan (00h45) e DJ Dentinho (2h).

No sábado, entre as 11h30 e as 13h30 e das 14h30 às 16h30, a Praça Carlos Alberto volta a receber pequenos e pequenas, com as suas vendas extraordinárias, em mais uma edição do Mini Porto Belo. O evento é organizado pela criadora Tânia Santos – cuja aventura a Praça já deu a conhecer – e juntou, em edições anteriores, uma média de 60 participantes, entre petizes e respectivas famílias. Esta é uma feira de miúdos para miúdos em que “cada item vendido ou serviço prestado não poderá exceder o valor de um euro”.

Carros-bancas e DJ no Silo-Auto

No mesmo dia, o Flea Market, cuja última edição foi abençoada por um sol carinhoso, no Passeio Alegre, na Foz, volta ao Silo-Auto. O Flea Móbil II – Car Boot Sale é das 14h às 19h, nos 5.º, 6.º e 7.º andares da garagem.

O último Flea Market foi "abençoado" com sol.

Ana Neto e Joana Lima, da SPOT, são 2 das pessoas responsáveis por sentirmos o Porto um pouco mais próximo de Nova Iorque. As promotoras do Flea Market justificam a escolha do emblemático imóvel “com o início do Inverno e da chuva” e com a necessidade de providenciar estacionamento para quem leva os seus tesourinhos em segunda-mão. “Tendo em conta os vários pedidos dos vendedores e tentando resolver a questão do estacionamento o Flea decidiu juntar o útil ao agradável e convidar os vendedores a utilizarem o seu próprio carro como banca para vender a mais fina tralha”, explicam.

Ou seja, neste formato, “os vendedores vendem a partir da mala do seu próprio carro” e será giro ver as “bancas” dos mais criativos. A Praça sabe, por exemplo, que uma das “barracas” de comes e bebes chegará à feira numa Volkswagen “pão de forma” cor de laranja.

Conte com mais de 200 carros-bancas de compra venda e troca de todo o tipo de objectos em segunda mão e muita música. Três DJ animarão a tarde deste sábado, cada qual num piso diferente e ao som de música diferente: DJ Marl.on e Pedro Tenreiro com Club de Funk e A Minha Vida Dava Uma Banda Sonora.

Artigo actualizado no dia 17 de Novembro de 2012, depois de se saber que as condições meteorológicas obrigaram a adiar a feirinha Movica para domingo.