12 Jul 2012, 18:41

Texto de Redação

Coisas

Táxis poéticos e tricô com palavras: eis o Bairro dos Livros

, ,

O Bairro dos Livros volta à zona com mais livros por metro quadrado do Porto.

Bairro dos Livros

Foto: Bairro dos Livros

Prometem tratar da saúde aos leitores, mas, no caso, a coisa é boa: o Bairro dos Livros volta este sábado à zona com mais livros por metro quadrado do Porto. Haverá “poemas no Rádio Táxi”, “consultas poéticas nas livrarias para os que sofrem de stress pós-acordo ortográfico” e outras acções à volta dos livros.

É a quarta edição da iniciativa que tem levado, desde Abril, no segundo sábado de cada mês, actividades para todos os gostos à zona dos Clérigos e arredores.

Tudo começa, às 14h30, com uma fotografia de grupo (leitores, livreiros, músicos, bailarinos e quem mais se quiser juntar), nas escadas antigas do Hospital de Santo António.

Na Livraria Unicepe, haverá teatro, a partir dos “Crimes Exemplares”, de Max Aub (15h45).

A loja de tricô Ovelha Negra também se abre às letras: às 16h, Maria David vai “costurar as palavras e as malhas de Elizabeth Zimmermann”, anuncia o Bairro dos Livros.

Capicua, voz maior do novo hip-hop portuense, vai fazer das suas a partir da varanda da antiga Livraria Académica.

O Bairro promete ainda “livros em movimento”: a Hand Bike Hand e os EcoRiders vão circular pela baixa, em 2 rodas, oferecendo livros aos leitores.

Quem sintonizar a Rádio Manobras (91.5 FM) pode ouvir os poemas de Fernando Pessoa e quem andar nos carros da Invicta Táxis pode contar também com os versos pessoanos.

Haverá ainda música para oboé no Paraíso do Livro (a cargo de Samuel Bastos, às 18h) e uma actuação, às 19h45, do Coral de Letras da Universidade do Porto nas janelas fronteiras ao jardim da Cordoaria.

O programa está inteirinho no site do Bairro dos Livros (PDF).