4 Dez 2013, 10:30

Texto de Rafael Ferreira

Coisas

As lojas temporárias ‘invadiram’ os centros comerciais

, , ,

A tendência das lojas ”pop-up” veio para ficar. E este Natal são vários os espaços do género. Instaladas sobretudo em centros comerciais, são uma oportunidade para comprar presentes diferentes.

Anabela Baldaque

A loja Anabela Baldaque é uma dos espaços “pop-up” deste Natal. Fotos: Cláudia Silva

A tendência das lojas temporárias, também conhecidas como lojas pop-up, veio para ficar. E este Natal são vários os espaços do género. Instaladas sobretudo em centros comerciais, são definitivamente uma tendência. E uma oportunidade para comprar presentes diferentes.

Segundo a pesquisa feita pela Praça, em cada um dos centros comerciais do Grande Porto existe pelo menos uma loja que abriu recentemente e que em poucas semanas ou meses desaparecerá.

A Meia Dúzia abriu a 15 de Novembro no MAR Shopping, em Matosinhos. É o espaço temporário da empresa e marca homónimas e vende compotas em bisnaga, licores e chás. Dentro de cada tubo de compota, há várias misturas de sabores. Amora com alfazema, figo e laranja com vinho do Porto e cereja do Fundão com brandy são apenas 3 dessas combinações.

A Meia Dúzia foi a vencedora do concurso “Cinco anos de vida, um negócio de sucesso”, promovido pelo MAR Shopping e vai permanecer no centro comercial durante um período de 3 a 6 meses.  Localizada na loja 0.19, piso 0, aMeia Dúzia está aberta todos os dias das 10h à meia-noite.

No Via Catarina Shopping abriu uma loja pop-up de produtos gourmet que aposta em propostas de presentes para o Natal. A Cabaz à La Carte tem vinhos ( do Douro, do Porto e Verdes), champagne, azeites biológicos, compotas (de pêra, de abóbora e amêndoas), queijos da Serra, chocolates, pão-de-ló, biscoitos e outras iguarias.

A loja faz, a partir dos produtos que tem à venda, 8 tipos de cabazes que variam entre os 22 e 130 euros, mas se estiver interessado em criar um cabaz ao seu gosto saiba que também o pode fazer.

Fora d'Espaço

A The Yellow Boat é uma das marcas que estão na loja temporária Fora d’Espaço, no Passeio dos Clérigos.

No Passeio dos Clérigos, a loja Fora d’Espaço acolheu no seu interior 6 marcas/projectos diferentes: a Águas Furtadas, a Rota do Chá, a The Yellow Boat, a ARTual – todas do Porto –, a Cork & Co – de Lisboa – e a Cool Natura – da Covilhã. Vão estar por ali até 25 de Dezembro.

No Dolce Vita, abriu a Mercearia Nacional, um espaço dedicado aos sabores tradicionais. Luís Portugal, o dono, diz que todos os seus “produtos são portugueses” e “de origem transmontana”. “No nosso espaço, também convidamos as pessoas a degustarem aquilo que temos na loja”, explicou, em conversa com a Praça, concretizando que há eventos paralelos. A Mercearia Nacional vende então compotas, mel, biscoitos, azeite, queijos, conservas, flor de sal, frutos secos, chás, especiarias, vinhos, licores, fumeiro e enchidos, sabonetes, entre outros produtos.

No mesmo centro comercial, foi inaugurada a Miyuki, uma loja temporária de vestuário e calçado.

Baldaque e Buchinho na Boavista

Até ao último dia de 2013, como vem no “contrato”, a estilista Anabela Baldaque tem uma loja com o seu nome e as suas colecções no Centro Comercial Península. Numa resposta escrita enviada à Praça, a criadora admitiu ter escolhido o shopping da Boavista pela localização privilegiada. Baldaque explica ainda que a sua loja “tem objectos de desejos para o Natal”.

Do outro lado da rua, no Shopping Cidade do Porto, abriu um espaço dedicado às exposições temporárias do arquivo histórico da Casa do Infante, onde também decorrem wokshops.  O projecto, intitulado “Photos de um outro Porto”, exibe actualmente a sua última exposição: “Diver. Cidade” fica patente até 3 de Janeiro.

Cabaz à la Carte

Na Cabaz à la Carte, no Via Catarina, pode fazer um cabaz personalizado para alguém especial.

No mesmo centro comercial, há outras lojas temporárias, no âmbito do projecto Pop-up Gallery: a Castelbel (loja de sabonetes e fragâncias caseiras), a Miguas (loja de produtos alimentar e acessórios de homem),  a Jotex/Luís Buchinho Knitwear (vestuário e moda), a Agu Agu (loja de compra e venda a retalho), a Odisseias (turismo e lazer), a Maria & Co (loja de SPA, beleza e cuidados pessoais) e a Up Briel (loja de café).

No ArrábidaShopping, para já, está em funcionamento a Goodvibes, uma loja de vestuário e acessórios de moda, e a Harvest Wine & Gourmet (garrafeira e produtos gourmet) . Ainda vão abrir a RR Project (vestuário e acessórios de moda), a Lets Natural (cosmética), a Don Cako (louças e vidraria) e a Gaia Móveis (mobiliário).

No GaiaShopping, a loja Tendências (vestuário e acessórios de moda) já se encontra em operação, enquanto a Classic Toys (brinquedos), Essências (artigos de decoração) e Harvest Wine Gourmet (garrafeira e produtos gourmet) estão por abrir.

No NorteShopping, a ourivesaria Dream abriu no último sábado e é a única loja temporária em funcionamento.