Image de Inovação a Norte

Foto: Arq/Miguel Oliveira

27 Jan 2014, 16:05

Texto de

Opinião

Inovação a Norte

,

O Porto está na hora. Todo o Norte, da linha de Aveiro até à Corunha, está a afinar motores para arrancar em força num novo modo de estar e de fazer.

A crise económica e de identidade que afectou toda a região deixou a nú as diversas carências que se entenderam, finalmente, obrigatórias de suprir. O Norte sabe hoje que não pode viver de aparências, de vontades dispersas ou de projectos sem rede.

Um trabalho silencioso foi sendo feito, maioritariamente das vezes em partes, por diversas entidades de relevo, mas foi sendo feito. Foram os Munícipios mais atentos, as Universidades mais dinâmicas, as Associações Profissionais mais capazes, as empresas mais audazes e os emprendedores mais corajosos que não deixaram, cada um por si, de ir preparando o futuro em que acreditavam e que de algum modo previam.

Estes também já o sabem. O Norte está na hora mas tem de acabar com o tempo do “cada um por si” e passar a confiar e colaborar directa e constantemente com o outro. As pontas têm que ser ligadas, as partes reconhecidas, os objectivos serem comuns e o todo mexer com tudo.

O passo seguinte da Inovação a Norte é saber jogar junto. Deixar as “capelinhas”, as medalhas e as invejas. É centrar-se no que tem que ser feito sem olhar a quem aparece na fotografia. É despir-se da vaidade corporativa e da solenidade reverêncial dos tempos jurássicos. O passo seguinte tem que ser dado em conjunto e solidário, construindo e consolidando redes de interesses maiores.

O Porto é hoje um pólo unificador e dinamizador com um potencial reconhecido e há muito desejado A devolução da liderança ás suas gentes trouxe-lhe a maior das vantagens, não se pode dar ao luxo de perder este ímpeto.

Esta vontade contagiará facilmente Braga, Aveiro, Santiago de Compostela, A Coruña, Vila Real ou Salamanca. Toda uma região, de estreitas ligações económicas e culturais, com uma ferida comum e uma vontade surda de se re-inventar tem o potencial nas suas instituições, nas indústrias centenárias que agora se renovam, nas novas gerações e nas suas visões audazes, mais preparadas e solidárias.

O Norte está na hora de se concretizar, de se ligar forte ao Mundo, que esta oportunidade não se esfume nos suspeitos do costume.

Opinião

No Porto24, contamos as histórias que fazem o dia-a-dia do Grande Porto. A nossa missão é ser também um espaço de reflexão e debate. A Opinião é uma plataforma animada por um conjunto de intervenientes e observadores atentos da cidade, que escrevem com regularidade.