Image de A extinta PIDE afinal continua…

Foto: DR

18 Mar 2018, 17:21

Texto de

Opinião

A extinta PIDE afinal continua…

De um momento para o outro, o Benfica instalou no clube aquilo que metaforicamente designou como “gabinete de crise”. O que é? Ninguém sabe porque ninguém da instituição o explicou e concretizou.

Imagem de perfil de Manuel Luís Mendes

Manuel Luís Mendes é natural do Porto e licenciado em História. Foi professor no ensino oficial de Português e de História. E ainda docente de Comunicação no ISEF (hoje Faculdade do Desporto) e na Escola Superior de Jornalismo. Foi ainda jornalista no Jornal de Notícias, tendo chefiado a secção de Desporto. Trabalhou na área da Educação e Ensino.

Para as más línguas, não passará de um meio ardiloso de aumentar a choruda conta de advogados do “regime benfiquista”. Mas ninguém ousa mexer e desvendar o assunto.

Sejamos francos : para o adepto o que importa é não desestabilizar a equipa para que esta consiga o inédito e histórico penta! Compreende – se pois ao nível dos radicais do clube. Todos querem títulos – a mal ou a bem!

O resto, para essa gente, é conversa fiada e inveja dos rivais… Por isso, a própria SAD se demarca de tudo, como se nada fosse com ela… Foge à polémica, como o diabo da cruz!

Ataca tudo e todos! Até inclusive diz que a marca Benfica anda a ser adulterada pela acção dos inimigos principais.

Esquece que, ao enveredar por esse mau caminho, está a acusar os órgãos oficiais e profissionais que estão a cargo dessa investigação que não passarão de “fantasmas” (pelos vistos…) seja a PJ, o MP ou, mesmo, os juízes que decretaram a prisão preventiva de uma chamada toupeira!

Sinceramente : acredito que o clube tem pessoas de bem e que prezam a moral acima de clubismos doentios. Mas estes parecem estar calados para não aborrecer o chefe, que tem esbirros bem pagos para defenderem o indefensável!

Agora, o tal gabinete decidiu processar tudo o que mexe… Jornalistas, jornais, presidentes (Pinto da Costa, por exemplo…). Ou seja :funciona como a extinta PIDE, embora por processos mais modernos…

Para esse gabinete não interessa o conteúdo, mas a forma. Não há censura – há processos! Voltamos, pois, aos tenebrosos tempos do “quem não está por mim é contra mim”!

É bom que essa gente saiba – de uma vez por todas! – que vivemos em democracia em que a liberdade de opinião é a sua pedra de toque, a sua essência.

Recordo Voltaire :”Posso não concordar com uma só palavra do que dizes, mas defenderei até à morte o direito que tens de o dizer!”

Voltaire faleceu em 1778,em Paris.

Ou seja : já lá vão mais de dois séculos e meio!

Opinião

No Porto24, contamos as histórias que fazem o dia-a-dia do Grande Porto. A nossa missão é ser também um espaço de reflexão e debate. A Opinião é uma plataforma animada por um conjunto de intervenientes e observadores atentos da cidade, que escrevem com regularidade.