Image de Continuamos do lado de cá

Foto: Arq/Miguel Oliveira

29 Set 2015, 16:30

Texto de

Em papel

Continuamos do lado de cá

Continuamos do lado de cá. Na Internet. A fazer jornalismo local, que queremos que seja bom. E estamos a fazê-lo com mais recursos do que os que tínhamos há 4 meses. Ainda acreditamos que há lugar para o P24.

Imagem de perfil de Ana Isabel Pereira

Portuense de gema. Fruto da primeira 'fornada' do curso público de Jornalismo e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto (2000-2004), estreou-se no jornalismo num 'grande', O Comércio do Porto. Trabalhou depois para publicações de âmbito nacional, sempre no/a partir do Porto, como a revista Sábado ou o semanário SOL, em áreas tão diversas como a cultura, a sociedade ou o lazer e lifestyle. Em 2010, integrou a equipa fundadora do jornal Porto24, que dirige atualmente.

Caros amigos,

(quem ajuda – lendo, partilhando, criticando construtivamente, anunciando… – a fazer um produto com as caraterísticas que o Porto24 tem é isso mesmo, um amigo)

É com o coração apertado que me obrigo a informar-vos que, após 4 meses de um trabalho muito esforçado – feito por uma micro mas valente equipa – para levar às bancas uma edição impressa, semanal, decidimos suspender a edição em papel do Porto24, com efeitos já a partir da próxima sexta-feira.

Estamos a avaliar o projeto – de ter uma versão impressa – e a ver qual será a melhor maneira de continuar, em várias frentes, a produzir boa informação sobre a Área Metropolitana do Porto.

É de resto esse o nosso desígnio há 5 anos – permitam-me recordar aos amigos mais recentes que o P24 chegou às bancas virtuais em dezembro de 2010, tendo nascido da carolice e do sonho de 3 antigos alunos da Universidade do Porto.

Quero agradecer a vossa amizade, mas sobretudo, e nesta altura, deixar 2 notas:

1. Conhecem a expressão ‘put your money where your mouth is’? Pois é, aplica-se ao nosso percurso como uma luva. Temos ‘boa cidade’ – adaptação livre da expressão ‘ter boa imprensa’ –, mas não temos quem esteja disposto a pagar para ter ‘bom jornalismo de cidade’. Infelizmente, os ‘força aí’, os ‘vocês estão a fazer um excelente trabalho’ e os ‘não há ninguém a fazer o que vocês fazem no local’ não pagam as contas ao final do mês. Balança que ficou mais desequilibrada nos últimos meses, com a extensão do nosso projeto ao papel, e que temos  agora de calibrar, de forma a manter um projeto em que continuamos a acreditar. Se a cidade acredita nele? Se nascemos antes do tempo? Se a cidade lê papel? Se os anunciantes não querem saber do online (nem do papel)? É tudo isso que estamos a pesar.

2. Continuamos do lado de cá. Na Internet. A fazer jornalismo local, que queremos que seja bom. E estamos a fazê-lo com mais recursos (poucos, mas ainda assim mais) do que os que tínhamos há 4 meses. Por isso, numa palavra, e porque ainda acreditamos que há lugar para o P24, contamos com os amigos – reler definição acima –, em porto24.pt.

Obrigada e até já!

 

Opinião

No Porto24, contamos as histórias que fazem o dia-a-dia do Grande Porto. A nossa missão é ser também um espaço de reflexão e debate. A Opinião é uma plataforma animada por um conjunto de intervenientes e observadores atentos da cidade, que escrevem com regularidade.