Image de Aurea e Richie Campbell no Senhor de Matosinhos (e muito mais)

Foto: André Soares

9 Mai 2018, 14:40

Texto de Redação, com Lusa

Cidade

Aurea e Richie Campbell no Senhor de Matosinhos (e muito mais)

,

As Festas do Senhor de Matosinhos, com mais de 600 anos, vão encher a cidade de música, dança, artesanato e fogo-de-artifício entre o próximo sábado, dia 11, e 3 de junho, anunciou esta quarta-feira a autarquia.

Aurea e Richie Campbell são os cabeças de cartaz da festa, cuja principal novidade é a criação de um novo percurso que melhorará a circulação dos visitantes e também um maior desafogo da Avenida Afonso Henriques.

Outra novidade será a transferência da centenária Feira da Louça para o Jardim Basílio Teles, diante dos Paços do Concelho, com toda a área a contar com iluminações dinâmicas LED.

O momento mais aguardado, o fogo-de-artifício, que este ano apresentará uma inovação tecnológica, está marcado para a meia-noite de dia 19. Parte dos 531.138 disparos terão como base uma torre de 80 metros de altura.

Ao longo de cerca de 20 minutos serão usados 7142 artigos pirotécnicos para produzir 26.557 disparos por minuto.
Encontros de coros, ranchos, um festival de folclore, serenatas, leituras encenadas, exibição de curtas-metragens, tardes dançantes, uma noite de hip hop ou uma feira da louça são outras das atividades do programa.

Ao longo das quatro semanas de romaria, a LIPOR garantirá a recolha seletiva dos resíduos produzidos no recinto, revertendo parte da receita gerada para a Casa do Kastelo, única unidade de cuidados continuados e paliativos pediátricos do país.

Além das sardinhas, das farturas e da doçaria conventual, a festa terá ainda uma área dedicada aos carrosséis.