Outros Artigos de José Augusto Rodrigues dos Santos

4 Abr 2018, 16:55

Foste para o Eurogrupo e já te julgas alguém importante? Foste para lá, não por seres o Lionel Messi das finanças portuguesas, mas porque assim obrigavas os portugueses a continuar a bater a bola baixo. O elogio do Schäuble inchou-te o ego e elevou-te à categoria de velho avarento. Só dás uma chouriça a quem te der um porco. Ora assim não vale e tens de saber que o Vitor Gaspar já nos roubou os porcos todos.

Ó Centeno, vai dar um “turn to the big snooker”

29 Mar 2018, 18:01

Alguns inteligentes que pensam com a lógica constrangedora do politicamente correto clamam vociferantes contra a decisão do povo suíço em não permitir a construção de minaretes nas mesquitas

A herança cultural do cristianismo

26 Fev 2018, 12:33

Em quase todas as religiões, e. g., catolicismo e o comunismo, o culto de pessoas é um dos pilares que sustentam a superestrutura ideológica.

O culto da personalidade

26 Jan 2018, 17:19

Os ginásios, além de serem lugares de suor e sacrifício à procura da beleza que se esvaiu por entre os interstícios de dois pecados capitais – gula e preguiça são, frequentemente, areópagos de incultura, insuficiência informativa, preconceitos e divagações oníricas ou fantasmáticas.

O perigo das ginásticas

16 Jan 2018, 19:02

Há coisas que eu não compreendo. Agora que Portugal está a sair da penumbra miserabilista para onde foi lançado pela conjugação astral mais deletéria que atacou o país desde a perda da independência em 1581, emergem das catacumbas da ciência as mais sediciosas forças refratárias à recuperação do país e que colocam em causa o ingente esforço e consumada sabedoria da dupla de atacantes-defensivos António Costa e Mário Centeno.

Os cientistas contra o país

30 Dez 2017, 14:28

Peço-vos desculpa por só agora vir dar notícias do meu bairro, mas, agora com o turismo em franca aceleração, anda tudo de cabeça virada pelo trânsito caótico, a passagem das casas a “hosteles”, a redução dos espaços de convívio e a proliferação de romenos aciganados que tocam desafinados acrescentando o nível de poluição sonora cá do sítio.

Notícias do meu bairro 2

30 Out 2017, 14:24

Deparamos com frases que trazem mundos dentro. Frases que na nudez simples das palavras transportam vidas na expressão mais conseguida da sua singularidade.

Ser médico. Missão ou profissão?

12 Out 2017, 15:13

Ultimamente tenho andado com o meu ego pátrio a rondar os zénites celestiais pois 2107 tem sido um ano de renascimento da saga lusíada.

A Universidade de Desporto do Porto

19 Set 2017, 18:29

Ou há moralidade ou comem todos. Relvas, Sócrates, Rui Esteves e tantos outros que prá í andam escondidos obtiveram cursos superiores pela validação das suas experiências profissionais, políticas, relacionais. Também quero o reconhecimento das minhas competências nos mais diversos domínios e que me fizeram chegar a este momento carregado de “sabedorias” múltiplas que querem ver valorizadas.

Vou tirar os cursos de Medicina, Engenharia e outros por equivalências

5 Set 2017, 16:04

É meu amigo há longa data. Desde sempre se manifestou como um acrisolado amante de desportos radicais. Dois deles, pratica-os com o empenhamento e fervor dos atletas de alta competição – fumar e comer enchidos, dia sim, dia não.

Os desportos verdadeiramente radicais

23 Ago 2017, 14:19

Logicamente que todos os cidadãos que amam o Porto vão votar Rui Moreira. Tenho a certeza que os milhões de estrangeiros que nos visitam todos os anos também votariam nele, se pudessem. Eu voto com mais vontade porque nasci e cresci nesta maravilhosa cidade que é um ex-libris incontornável da forma peculiar de ser Português. Do Minho a Timor todos são portugueses, mas os do Porto têm lá o étimo generativo (passe o pleonasmo).

10 razões para votar Rui Moreira

26 Jul 2017, 10:51

Os tempos que vivemos, talvez como todos os outros tempos passados ou futuros, são caracterizados por clichés sociológicos determinados por modismos que correspondem à relação de forças sociais e políticas e que têm, no jogo sujo das pugnas partidárias, um forte fator generativo. À luz de conceitos pretensamente inclusivos mistura-se legalidade com caos, regras com acracia, inclusão com permissividade.

Politicamente incorreto
Página 1 de 812345...Fim »