Outros Artigos de Ana Cancela

13 Mar 2015, 12:41

Em Tel Aviv, não se respira deus. Convive-se numa complacência hedonista de igual para igual, um clima de tolerância simples e apaziguadora.

O Porto de Tel Aviv

2 Dez 2014, 18:51

Como seria o mundo, o nosso mundo, sem a permanente provocação inquietante de Slavoj Žižek?

“The Freedom of a Forced Choice”

17 Jul 2014, 17:53

No Porto, as hortas urbanas são uma realidade que se espalha muito timidamente pela cidade. Mas estão lá para provar como é possível plantar em ambientes urbanos.

Permacultura Pública

9 Jun 2014, 14:09

Na berma da estrada, com dezenas de pessoas, riquexós, bicicletas e motorizadas a cruzarem a estrada a cada minuto, os vendedores repartem-se pelo espaço ainda livre. Estou sentada num simples banco de plástico em frente a uma mesa, também ela baixa e branca, quase a tocar o chão, de um movimentado café de rua, numa muito quente tarde de Verão.

Da Nang

16 Mai 2014, 11:56

De entre os muitos mistérios que o homem encerra, um deles e talvez o mais actual, é o desejo de impermanência. O acto de acumular experiências em vez de acumular objectos, a constante vontade de partir. O que é inegável, e de certa forma incontornável, é a sensação de inquietude, associada a uma maior facilidade no acto de viajar.

Impermanência

1 Abr 2014, 14:25

As cidades descobrem-se caminhando, conversando, observando edifícios, jardins, conhecendo quem nelas vive, reconhecendo as suas fachadas. Neste ponto, o Porto é, cada vez mais, um destino arquitectónico por excelência, com as obras de Fernando Távora, Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura como referências absolutas e incontornáveis da Escola de Arquitectura do Porto.

Arquitectura Humana

29 Jan 2014, 10:30

Estavam todos de costas voltadas para o mar, numa agitada e perigosa noite de Inverno e, por cada resposta errada, davam um passo para trás na direcção de um afogamento certo. O que lamentavelmente, acabou por acontecer.

Do Indizível

14 Set 2012, 15:49

Ontem acordei com a notícia de um amigo que, abnegadamente, se sentou na rua mais movimentada da cidade do Porto e, de cabeça baixa mas coragem bastante erguida, iniciou uma greve de fome motivada pela necessidade de um emprego justo e digno. São amigos assim que me dão vontade de lutar e não cair, mais […]

20 Jun 2012, 9:25

A 6 de Janeiro de 1948, foi inaugurada, em pleno Jardim do Marquês, na baixa do Porto, uma das primeiras bibliotecas populares de bairro da cidade e do país, a Biblioteca Infantil de Pedro Ivo. No Boletim das Actividades Culturais da Câmara Municipal do Porto, datado de 1951, pode ler-se a seguinte motivação: “o seu […]

3 Dez 2011, 19:46

Um dos maiores perigos da Tailândia são os cães. Desde a urbana capital à aldeia mais recôndita, eles estão lá, donos e senhores das ruas e dos lugares que habitam. A noção de animal abandonado é inexistente em todo o sudeste asiático, se um cão ou um gato vive na rua, então a rua é […]

16 Ago 2011, 17:49

Ler sempre foi um prazer desde a infância e ter livros nas mãos é a minha recordação mais antiga. Ainda sem os perceber, recordo-me de os tentar guardar pelo cheiro, encostá-los ao nariz e inspirá-los numa tentativa de os carregar corpo dentro. Foi na companhia de livros que conheci os primeiros poemas, de Fernando Pessoa, […]

2 Ago 2011, 9:54

Não sou jornalista, escritora, poetisa, nem nunca pretensões para tal tive porque se junto palavras umas a seguir às outras é por puro e continuado prazer de o fazer e sem quaisquer motivações para além de escrever sobre o que gosto. Gosto do Porto. Foi, contudo, um processo duro, bastante longo de alcançar. Gosto de […]

Página 1 de 212